fbpx
PF deflagra operação em Vilhena e prende empreiteiros e servidores públicos

Entre propinas e superfaturamento de obras, desvios podem passar de R$ 4 milhões

A Polícia Federal de Vilhena, deflagrou nesta segunda-feira em Vilhena, a ‘Operação Ficus’ para apurar o pagamento de propinas e lavagem de dinheiro público entre empresas e a prefeitura. Logo cedo agentes federais deram batida na casa do ex-secretário governamental da prefeitura vilhenense, Gustavo Valmorbida, que já possui condenação a mais de 76 anos de prisão na esfera estadual por corrupção dentro da prefeitura de Vilhena.

essa nova fase de investigações da Polícia Federal é um segmento das apurações da ‘Operação Stigma’ desencadeada pela PF e Ministério Público Federal e que acabou culminando na prisão e condenação de diversos servidores públicos e empresário por corrupção.

A ‘Operação Ficus’ busca apurar o desvio de recursos públicos dos cofres do município. De acordo com informações ainda extraoficiais, a prefeitura repassava o dinheiro para as empresas vencedoras das licitações, que realizavam desvios visando pagar propinas. Estima-se que somente em propinas, os valores desviados podem ultrapassar R$ 1 milhão.

A PF também investiga o possível superfaturamento na obra de pavimentação da avenida Tancredo Neves, que fora realizado pela empresa Projetus Engenharia, de propriedade do empresário Fausto Moura. O superfaturamento pode chegar a R$ 2.5 milhões. Neste ano de 2016, Fausto Moura chegou a ser preso por suspeita de envolvimento em corrupção, ele foi liberado através de um habeas corpus, mas ainda é investigado pela Polícia Civil.

A PF deverá conceder uma entrevista coletiva ainda hoje para falar sobre o desenrolar da operação. Além de Gusvato Valmorbida tiveram prisão decretada, o empresário Fausto Moura e sua esposa Edis Custódio Moura, que não foram localizados na cidade. O ex-diretor do SAAE, o advogado Josafá Bezerra que foi conduzido coercitivamente à delegacia da PF e teve busca e apreensão em sua residência.

Com informações do Vilhena Notícias

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta