Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

PF faz megaoperação com 200 Policiais Federais no PR, MS e SC

Ação é contra tráfico internacional de drogas

0

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã, 17/11, a Operação Enigma que tem por objetivo desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de entorpecentes oriundos do Paraguai e com destino a Curitiba e região metropolitana.

Cerca de 200 Policiais Federais estão cumprindo 67 mandados judiciais nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, sendo 37 mandados de busca e apreensão, 20 mandados de prisão preventiva e 10 mandados de prisão temporária, todos expedidos pela Justiça Federal em Curitiba.

De acordo com as investigações desenvolvidas pela Polícia Federal foi possível identificar grupo criminoso organizado e estruturado de forma a viabilizar a aquisição de entorpecentes no Paraguai e transportá-lo clandestinamente para o país com o objetivo de abastecer, principalmente, a capital paranaense e região metropolitana.

Durante as investigações foram feitas várias prisões em flagrante e apreensão de entorpecente negociado pela quadrilha ora investigada.

Ainda com o objetivo de burlar os mecanismos de controle e a ação policial, os investigados estabeleceram um sólido esquema de lavagem de ativos que envolvia a ocultação e fracionamento das operações financeiras, a utilização de “laranjas” para realização de negócios envolvendo bens adquiridos pelo grupo, a compra de veículos de luxo, imóveis rurais e outros de alto padrão no litoral de Santa Catarina.

Dentre os investigados, um dos responsáveis por organizar todo o grupo, já foi alvo de investigação por tráfico de drogas no passado em outra ação da Polícia Federal, atuando por muitos anos como traficante de drogas.

Em estimativa observada durante a investigação, acredita-se que o grupo criminoso é responsável pelo tráfico de cerca de 200 quilos de cocaína e “crack” mensalmente para distribuição em Curitiba e região metropolitana.

Aos investigados estão sendo imputados, dentre outros, os crimes de tráfico internacional de entorpecentes, associação para o tráfico, associação criminosa e lavagem de ativos.

A designação do nome da operação foi estabelecida em momento inicial da investigação quando eram desconhecidos dos investigadores a estrutura de atuação e forma de comunicação do grupo criminoso alvo da investigação.

Será concedida coletiva de imprensa às 10h no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná.

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba-PR

[email protected]

41-3251-7813

Discriminação dos mandados:

MBA – Mandado de busca e apreensão

MPP – Mandado de prisão preventiva

MPT – Mandado de prisão temporária

Paraná

MBA:

17 – Curitiba/PR:

1 – Campo Magro, Campo Largo, Colombo, Pinhais, Guaratuba e Paranaguá, todos no Paraná.

Santa Catarina

3 São José/SC

4 Itapema/SC

Mato Grosso do Sul

4 Campo Grande

3 Ponta Porã

Comentários
Carregando