Planalto admite desgaste ‘sem solução’ após decisão contra ministra

Governo não deve recuar na indicação de Cristiane Brasil para manter PTB na base aliada, afirma colunista

O núcleo do governo recebeu com desânimo a decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), que rejeitou na noite desta quarta-feira (10) um novo recurso apresentado pela deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) contra a liminar que a impede de assumir o Ministério do Trabalho.

Segundo o blog do Camarotti, do G1, articuladores do presidente Michel Temer reconhecem que a confusão com a indicação da ministra deixa o o governo numa “agenda negativa sem solução”.

O Planalto avalia que o PTB não recuará na indicação, portanto, deve continuar apoiando o nome dela para manter o partido da base aliada do governo. Na quarta, o ministro da articulação política do governo, Carlos Marun, afirmou que a decisão do tribunal “não muda” a indicação ao ministério.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta