PM acusado de matar agente da Sejus em Pimenta se entrega

O policial militar suspeito de ter matado um agente penitenciário a tiros, na segunda-feira (16), se entregou na delegacia de Pimenta Bueno (RO) no início da tarde desta terça-feira (17). Segundo a polícia, o soldado está prestando depoimento acompanhado do advogado. Conforme a Polícia Militar (PM), o suspeito matou a vítima, pois o agente mantinha um provável caso amoroso com a companheira do policial.

O comandante do 4º Batalhão da PM, Paulo Sityá, afirmou que as cápsulas encontradas no local onde o agente penitenciário foi morto correspondem ao de uma arma 1.40, de uso exclusivo da PM.

Para localizar o paradeiro do suspeito, os policiai de Pimenta Bueno, Cacoal e Rolim de Moura, juntaram o contingente desde a segunda. Segundo Sityá, o prazo para que a prisão fosse feita em flagrante já havia passado, por isso esperavam que o soldado se apresentasse à Justiça.

Sityá explica que entre o policial e o agente já houve desentendimentos anteriores, que motivaram até mesmo a registros de boletins de ocorrências. “Diante de evidências anteriores, tudo leva a crer que tenha sido o policial militar que cometeu esse homicídio”, acredita.

Leia também:

PM mata agente penitenciário à tiros em Pimenta Bueno

Agente que foi morto por PM conseguiu fugir, mas foi baleado na perna e depois executado

Caso
O crime passional foi registrado em Pimenta Bueno, na manhã de segunda-feira (15). O policial militar matou com dois tiros um agente penitenciário. De acordo com a PM, o agente mantinha um caso amoroso com a amásia do policial. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no pronto socorro.

O crime foi cometido no Bairro Nova Pimenta, em uma casa desativada, onde o agente mantinha seus encontros com a amante. O policial que cometeu o crime estava de folga, já que havia saído do plantão na manhã de segunda-feira.

Desde a segunda o suspeito estava sendo procurado. Segundo a PM, o soldado alegou que estava escondido no sítio de um cunhado.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta