PM mata agente penitenciário à tiros em Pimenta Bueno

Na manhã desta segunda-feira (16), o agente penitenciário Nelson Ned (foto) foi morto a tiros efetuados pelo policial militar Wemerson Fonseca durante discussão. O crime que até o momento é investigado com motivações passionais aconteceu no município de Pimenta Bueno – RO.

Informações de testemunhas e da polícia são que, Wemerson foi até a casa da vítima e quando foi recepcionado, sacou uma pistola e efetuou vários tiros. Nelson foi alvejado em diferentes partes do corpo, chegou a ser socorrido, porém morreu ao dar entrada hospital municipal.

Policiais militares estão fazendo varredura nas ruas do município, para localizar o responsável pelo crime. Populares apontaram o crime como conflito entre PMs e agentes, informação descartada pela polícia através de nota oficial.

A Polícia Civil está em investigação para apurar as reais causas do assassinato.

NOTA

Bom dia,

Inicialmente prestamos nossas condolências aos familiares, amigos e colegas de profissão do Senhor Nelson Ned, Agente Penitenciário que faleceu nesta manhã em Pimenta Bueno após esse trágico evento.

Estamos desde cedo totalmente dedicados em localizar o Sd Wemerson Fonseca, principal suspeito do homicídio, de modo que ele seja apresentado à autoridade policial para que se cumpra a lei e para que tenha o devido acompanhamento.

Encerrando, como bem sabem não se trata de conflito envolvendo as instituições, mas, antes, quando confirmados os fatos, o sinistro teve na sua essência motivos de ordem passional.

Venho apenas tranquilizar as opiniões. A Polícia Militar permanece imbuída e compromissada em bem servir e proteger.

Cap Thiago Campos, Cmt Cia PM em Pimenta Bueno.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta