fbpx
Polícia investiga grupo armado que atacou ônibus de detentos no Paraná

A Polícia Civil do Paraná investiga o ataque ao ônibus que transportava cerca de 50 presos do regime semiaberto, que iam da Colônia Penal Agrícola do Paraná, em Piraquara, para uma empresa de Quatro Barras, ambos municípios da região metropolitana de Curitiba.

De acordo com informação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta de 22 horas de ontem (11), o ônibus foi abordado por pelo menos 12 homens armados em três carros, próximo ao quilômetro 73 da BR-116, em uma alça de acesso entre o Contorno Leste e a Estrada da Graciosa.

Eles obrigaram o motorista a parar o veículo. Em seguida, embarcaram no ônibus em busca de um determinado preso, que não foi localizado.
Dois carros foram abandonados, ambos com placas clonadas. Um deles foi incendiado pelo bando

Como o banheiro estava trancado, os homens fizeram vários disparos através da porta do compartimento, achando que ele estava escondido no local. Como não havia ninguém, o grupo desembarcou do ônibus e deixou o local.

Dois carros foram abandonados, ambos com placas clonadas e alerta de roubo: um renault sandero e um chevrolet onix, que foi incendiado. Os homens armados utilizaram ainda uma ford ecosport na ação, que até o momento não foi localizada.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta