Policiais Federais de braços cruzados nesta quinta-feira

Os escrivães, papiloscopistas e agentes da Polícia Federal de Rondônia estão realizando uma paralisação de 24 horas nesta quinta-feira (31). A ação acompanha um movimento nacional da categoria.

A paralisação afetará os serviços da Superintendência Regional da Polícia Federal em Porto Velho e Delegacias de Polícia Federal do interior. Durante o dia de greve serão mantidas as atividades dos Serviços Essenciais com 30% (trinta por cento) do efetivo grevista.

De acordo com Bosco Costa, agente da PF, o  protesto visa denunciar a insatisfação sobre a gestão de recursos humanos que, segundo ele, não cumpre a Lei nº 9.266/96 que definiu o nível superior dos cargos de Escrivão, Papiloscopistas e Agentes Federais e que, por outro lado, não estabelece em lei as atribuições desses cargos, atualmente definidas em uma Portaria do MPOG, (523/89) e por isso inconstitucional, assim declarada pelo STF (Supremo Tribunal Federal); a crise decorrente do sucateamento funcional e salarial desses policiais, caracterizada pela desvalorização, desmotivação, assédio moral, adoecimentos, perseguições e evasão de policiais para outros órgãos; a ineficiente gestão da Polícia Federal, que aliada à redução sistemática do orçamento do Órgão,  vem produzindo inoperância, retrocesso e queda na persecução criminal, agravando as deficiências inerentes ao modelo ultrapassado de investigação que é feita através do inquérito policial.

Ainda segundo o sindicato, os Policiais Federais estão sem reajuste há quase cinco anos, (tiveram 3,4% de reposição salarial em 2009). Na paralisação, os Policiais Federais estão trajando as camisas SOS POLÍCIA FEDERAL, (movimento decretado a partir da greve de 70 dias ocorrida em 2012 e até hoje sem solução do Governo Federal). Estão sendo ostentadas faixas de protestos e distribuídos panfletos informativos para o esclarecimento da população.

sospfint

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário