Policial civil morre após cair da moto ao passar em bueiro e ser atropelada em GO

A escrivã da Polícia Civil Jakeline Assunção da Silva, de 27 anos, morreu na noite de terça-feira (21) após perder o controle da moto que pilotava ao passar por um bueiro, cair, e ser atropelada. O marido dela, que estava na garupa, não teve ferimentos.

O casal voltava do trabalho e passava pela Avenida Castelo Branco quando o acidente aconteceu. Testemunhas contaram à polícia que a vítima se desequilibrou a passar por um bueiro que é desnivelado em relação ao asfalto.

Após cair, Jakeline foi atropelada por outro motociclista, que disse que não conseguiu evitar o acidente. “Quando eu vi estavam os dois no chão, não teve como eu desviar”, contou o auxiliar de produção Lázaro Luiz Benício Alves.

A Polícia Civil vai investigar o caso. A delegada quer saber, inclusive, porque a falha no asfalto não foi consertada antes. “O bueiro tem um desnível da tampa para o asfalto de 6 cm, ou seja, o poder público foi muito negligente em não dar manutenção neste bueiro”, relatou a delegada Nilda Andrade.

Depois do acidente, a Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade sinalizou o bueiro. A Secretaria Municipal de Infraestrutura informou que o serviço de reposição das tampas é executado diariamente em locais onde elas estão danificadas ou que não têm. O órgão explicou que vai verificar a situação do local onde aconteceu o acidente. 

Policial civil morre após cair em bueiro e ser atropelada em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Fonte: g1/go

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário