0

E ainda, patrimônio do DER vira sucata e vai à leilão por preço de banana, e a posse de Eduardo Japonês em Vilhena

Descaso com dinheiro público

Quando Confúcio Moura e Lúcio Mosquini inventaram que o DER deveria ter equipamentos próprios para “tocar as obras”, PAINEL POLÍTICO alertou que era um desperdício de recursos públicos, e que o maquinário seria sucateado e as obras não seriam concluídas. E foi o que aconteceu. Na gestão de Confúcio Moura, sequer o anel viário de Ji-Paraná, uma estrada de 13 quilômetros conseguiu ser concluída. A malha rodoviária do Estado está uma lástima e a população é que paga a conta, tanto financeiramente, através dos impostos, quanto na dificuldade de transitar nas rodovias. E sabe o que é pior?

Monte de sucatas

O governo do Estado está leiloando o maquinário do DER, e para se ter uma idéia do prejuízo, tem retroescavadeira sendo vendida a R$ 10 mil, pá carregadeira com lance inicial de R$ 2 mil, além de dezenas de outros veículos, adquiridos a preço de mercado pelo governo e vendidos à preço de banana, pois só servem como sucata. Tem até L200, ano 2013 sendo vendida a R$ 8 mil. Um verdadeiro descaso com dinheiro público, coisa que Confúcio fez contrariando toda a lógica do serviço público. Para ver as peças em leilão, basta CLICAR AQUI. Os demais lotes estão no mesmo site.

Badalada

A posse de Eduardo Japonês em Vilhena foi prestigiada por vários grupos políticos, que se fizeram presentes através de suas lideranças. Japonês foi vencedor da eleição suplementar no município após a ex-prefeita Rosani Donadon ter sido cassada. Eleito com grande expectativa por parte da população, ele terá a difícil missão de organizar a administração da cidade, gerar empregos e melhorar a rede de atendimento em alguns serviços como creches públicas e médicos nos postos de saúde.

Para Luizinho Goebel

A gestão de Eduardo Japonês representa um aumento em seu patrimônio político, já que ele foi o principal articulador político e o maior cabo eleitoral. Se Japonês for bem, Luizinho fica bem, se for ruim, aí ele terá dificuldades em escapar da responsabilidade. Mas o deputado já adiantou que vai “ajudar no que for preciso para melhorar a qualidade de vida dos vilhenenses”.

Nesta terça

Acontece no auditório do SEBRAE Porto Velho, o Bootcamp SEBRAE. O evento terá a participação de profissionais renomados em suas áreas como a engenheira e comunicadora Marjore Damasco  e o professor e advogado Edson Pontes. Quem participar vai entender uma nova visão do mercado de trabalho em diversas áreas do empreendedorismo. O evento está marcado para começar às 14 horas com uma grande recepção.

Tem ficar atento

Quando Confúcio Moura era deputado federal e resolveu disputar a prefeitura de Ariquemes, a eleição estava perdida. Na época, o PT comandava o Brasil e estava no auge. De repente, em plena campanha eleitoral, o maior adversário de Confúcio, e favorito a vencer a eleição, Ernandes Amorim é preso e disputa atrás das grades. Só perdeu por isso. Essa prisão nunca foi bem explicada e Amorim até hoje garante que foi armação da “turma do Confúcio”. Em 2011, Confúcio tinha em sua cola o presidente da Assembleia, Valter Araújo que era uma ameaça real a seu recém-iniciado governo. Em novembro daquele ano, Valter foi preso. O MP e a PF eram abastecidos de informações repassadas pelo chefe da Casa Militar de Confúcio, na época, Major Gualberto. Em 2013 Confúcio tinha como ameaça o novo presidente da Assembleia, Hermínio Coelho que não foi preso, mas seu filho sim. A Operação Apocalipse serviu para “limpar” os adversários e credores.

Naquele período

Pouco antes da operação, Hermínio havia protocolado no Ministério Público uma denúncia gravíssima, que dinheiro de uma empresa que queria contrato no Detran, havia pago propina em depósitos na conta da esposa de Confúcio. Até hoje o caso não foi adiante. Hermínio teve seu filho preso e passou por todo tipo de constrangimento com falsas acusações orquestradas pela “turma do Confúcio”. Agora em 2018, Valdir Raupp e algumas eminências do MDB não querem Confúcio na disputa ao Senado. O próprio Confúcio traiu o grupo ao anunciar sua pré-candidatura pela legenda que tem como prioridade a reeleição de Raupp. Confúcio foi a seu blog ameaçar a todos subliminarmente. Só para lembrar, Confúcio é amigo pessoal de Michel Temer. Raupp não é mais. Se eu fosse o Raupp, dormia com um olho no peixe e outro no gato…

Quanto menos você dorme, mais curta será sua vida

Você provavelmente está farto de ouvir líderes políticos e empresários falarem o tempo todo que dormem muito pouco. O problema é que isso não é uma característica admirável: a falta de sono é muito prejudicial para nossos corpos e cérebro. Matthew Walker, professor de neurociência e psicologia da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, explica por que você deveria parar de admirar pessoas que dormem pouco. Walker é autor de Por Que Dormimos, um livro com o potencial de mudar (e estender) sua vida. As descobertas da ciência até agora apontam que quanto menos tempo de sono, mais curta será a sua vida. Então, se você quer chegar à velhice de maneira saudável, deve investir em uma boa noite de sono. No entanto, essa indução ao sono tem de acontecer naturalmente. Muitos estudos relacionam remédios para dormir a um aumento do risco de câncer, infecção e mortalidade. Muitas das doenças de que sofremos têm uma ligação significativa com a falta de sono – por exemplo, o mal de Alzheimer, câncer, doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, depressão, ansiedade e até mesmo tendências ao suicídio. É que, durante o sono, ocorre uma espécie de “revisão” de todos os sistemas fisiológicos importantes do nosso corpo e de cada rede ou operação da mente. Se você não dorme o suficiente, essa revisão é prejudicada e seu corpo será afetado. Você deve dormir pelo menos de sete a nove horas por dia. Se dormir menos de sete horas, seu sistema imunológico e seu desempenho cognitivo começarão a ser afetados. Depois de estar acordado 20 horas seguidas, você se sentirá tão incapacitado quanto se estivesse bêbado – tanto que um dos problemas com a privação de sono é que você não percebe de imediato o dano que ela causa.

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários

Previous article

Coluna – DER investiu R$ 40 milhões em equipamentos que estão sendo vendidos à preço de banana

Next article

Comments

Participe do debate. Comente!

You may also like

More in Capa