CapaColuna Painel Político

Coluna – Para quem migram os votos de Fátima Cleide, caso ela fique mesmo fora da disputa?

0

Um problema

Nesta quinta-feira, vídeo chocante mostra um professor em sala de aula sendo ridicularizado e ofendido por alunos de uma escola pública do Rio de Janeiro. As imagens, feitas por um estudante, circularam em redes sociais e são deprimentes. Mas, esse não é um caso isolado. Situações iguais, por vezes piores, ocorrem nas salas de aula país afora, aquecem o debate e ampliam o eco daqueles que defendem a militarização das escolas como solução. Nada contra a alternativa, mas será que o problema é mesmo a escola, ou são os pais verdadeiros responsáveis pela falta de disciplina e acompanhamento da vida escolar de seus filhos? 🤔

A grande questão

É que de uma forma geral, busca-se que a escola imponha educação e disciplina que na maioria das vezes não são impostas em casa. A cobrança sobre as instituições é enorme, e em tempos de debates políticos, a coisa ainda toma proporções bizarras, com defesas esdrúxulas e sem nenhum fundamento científico. Ouvimos coisas do tipo, “a culpa é da esquerda”, ou “a culpa é desses professores comunistas”. Ouso dizer que a culpa é dos pais, que não dão uma base familiar necessária para que os filhos não sejam deliquentes nas escolas, e pergunto, quando foi a última vez que você esteve na escola de seu filho, voluntariamente, para saber o que ele anda fazendo? Os exemplos que você e seus familiares dão a seu (seus) filho (as) são compatíveis com o que você cobra deles? É só para refletir sobre o tema nesta quinta-feira cinza. 😶

Falando em educação

Os alunos da rede pública municipal da região ribeirinha, cerca de 1000, perderam o ano letivo de 2018 e absolutamente ninguém tomou nenhuma providência, nem contra o prefeito Hildon Chaves, nem contra os proprietários da empresa responsável pelo transporte. Para se ter uma idéia do descaso, até agosto deste ano as crianças estavam fazendo reposição do calendário escolar de 2017! 😱

Deu ruim

Fátima Cleide, Bosco da Federal e Pedro Nazareno, os dois primeiros candidatos ao senado e o terceiro ao governo deverão ficar fora do processo eleitoral de 2018 por culpa de seus suplentes, e no caso de Nazareno, do vice. Os segundos suplentes de Fátima e Bosco tiveram seus registros indeferidos, assim como a vice de Nazareno, e nenhum deles recorreu ou apresentou renúncia para que fossem substituídos e o prazo para troca de candidatos expirou. Dificilmente cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral, pois se trata de perda de prazo. 😞

Para Fátima Cleide

É um duro golpe. Ela brigou pesado por essa candidatura, chegou a acionar a executiva nacional e vacilou em um quesito bobo. De acordo com a legislação, a chapa deve ser toda ela deferida, e em caso de um deles estar impossibilitado, deve haver a substituição. Se isso não for feito em tempo hábil, todos ficam fora. Bosco também é outro que lutou muito pela candidatura, e infelizmente segue no mesmo caminho. 😟

A pergunta é

Para onde vão migrar os votos de Fátima Cleide, em ela ficando definitivamente fora da disputa? Na última sondagem do Ibope em Rondônia, a candidata do PT estava com 16% das intenções de votos válidas. Desde que começou a circular a informação sobre a possibilidade de Fátima ficar fora da disputa, que os candidatos a Senado ficaram ouriçados, querendo abocanhar esse percentual, ou parte dele que faz a diferença em qualquer eleição. 😑

Acharam eco

Esportistas, comunidades e interessados na área conseguiram encontrar uma voz, a de Ivonete Gomes. Candidata a deputada estadual, ela fez um trabalho excepcional como secretária municipal de esportes e rapidamente se consolidou. Em curto espaço à frente da secretaria, realizou dezenas de eventos, ampliou e revitalizou espaços que estavam abandonados e fez a diferença. O resultado pode ser visto em suas andanças e reuniões. A classe esportiva agradece, porque cá entre nós, já vi atleta pedindo dinheiro em semáforo para participar de eventos fora do Estado. E finalmente alguém resolveu apoiar de verdade essa turma. 😌

Para onde vai a gordura que queimamos quando perdemos peso?

Nas aulas de física e química aprendemos que energia não se cria nem se destrói. Ela, na verdade, se transforma. Com base na chamada lei da conservação das massas, o professor Andrew J. Brown e o pesquisador Ruben Meerman, da Universidade de South Wales, na Austrália, lançaram a pergunta: para onde vai a gordura que é transformada em energia quando perdemos peso? A pergunta foi feita a 150 profissionais da área da saúde, entre médicos, dentistas e nutricionistas. A resposta, contudo, surpreendeu os dois especialistas. Cerca de 98% erraram. Isso significa que apenas três das 150 pessoas souberam explicar o que acontece com a gordura que perdemos quando emagrecemos. A maioria dos que foram desafiados com a pergunta disse que os quilos que perdemos se transforma em calor. Isso é fisicamente impossível porque, segundo os especialistas, viola a lei da conservação das massas que prevê que, num sistema fechado em que ocorre uma reação química, todos os átomos que estiveram ali no início da reação, estarão lá no final. Outros argumentaram que a gordura se converte em músculo. Algo que, de acordo com Meerman e Brown, também é impossível. Teve gente que disse que o peso é eliminado por meio das fezes. Nenhuma dessas explicações, contudo, é o que realmente acontece. O peso que perdemos emagrecendo vai, principalmente, para os pulmões. “Quando alguém perde 10 kg de gordura, 8,4 kg são exalados como CO2. Os pulmões são, portanto, o principal órgão excretor da perda de peso”, dizem os especilistas no artigo, ponderando que uma porcentagem menor de gordura é eliminada por outas formas como, por exemplo, ureia e suor. Ao divulgarem a explicação na publicação acadêmica “British Medical Journal”, os dois cientistas especializados em processos biomoleculares e biotecnologia tornaram público o episódio com os 150 profissionais da saúde que os deixaram decepcionados. Eles justificaram o artigo alegando haver até mesmo entre profissionais “surpreendente ignorância e confusão sobre o processo metabólico da perda de peso”. 👏

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Bolsonaro passa por procedimento para drenagem de líquido no abdômen

Previous article

Candidatos inelegíveis terão de devolver recursos públicos de campanha

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

More in Capa