Coluna – Por superfaturar comida de doentes, ex-secretário de Saúde e empresário são condenados pelo TCE

Rombo foi de mais de R$ 2 milhões em menos de 4 meses; e ainda, prepare o bolso, Contran vai aplicar novo golpe nos brasileiros

Negócio da China

Um grupo chinês arrematou, em leilão, unidades da Ulbra em Rondônia (Porto Velho e Ji-Paraná), Palmas, Manaus, Santarém e Itumbiara. De acordo com o edital publicado em fevereiro pela 3ª Vara do Trabalho de Canoas, a venda seria pela melhor oferta ao conjunto de lotes, sem desmembramento, e não transfere ônus ao comprador, extinguindo débitos fiscais, cíveis, hipotecas, penhoras e outras restrições judiciais incidentes sobre o patrimônio. As seis unidades foram avaliadas em R$ 1 bilhão e 285 milhões, mas foram arrematadas por R$ 600 milhões. Juntas, as unidades somam quase 900 mil hectares e seis campi têm atualmente 15,8 mil alunos matriculados.

Prepare o bolso

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) resolveu que a partir de junho deste ano, motorista que for renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) deverá fazer um curso teórico de 10 horas, e uma prova com 30 questões, com uma taxa de acerto de 70%, é uma nova forma de extorquir à população brasileira. Em média, a hora-aula é de R$ 13 (mas o valor pode variar), então o motorista, além de praticamente ter que vender um rim para tirar a CNH, também terá que pagar por mais esse abuso. Se o motorista for reprovado, ainda poderá fazer uma nova prova 5 dias depois da divulgação do resultado. Se houver uma segunda reprovação, ele deverá passar por todo curso novamente (mas claro, pagando de novo). Sinceramente não dá para saber onde vamos parar com tanta conta que o poder público impõe aos brasileiros. Pelo menos já sabemos responder aquela campanha da Fiesp sobre “quem vai pagar o pato”. O pato amarelo somos nós mesmos.

Batista condenado

O ex-secretário adjunto de saúde do Estado, José Batista foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado a pagar quase R$ 2,3 milhões por superfaturar a alimentação de pacientes das unidades Hospital de Base Ary Pinheiro HBAP, Pronto Socorro João Paulo II, Centro de Medicina Tropical de Rondônia (CEMETRON), de Porto Velho, e também ao Hospital Regional de Cacoal. Junto com Batista, foi condenada a empresa L & L, Indústria e Comércio de Alimentos EIRELI, que vem a ser a Nutrimais Buffet e Serviços de Alimentos, que pertence ao empresário Whinston Saíta.

Vale lembrar

Que no início do primeiro mandato de Confúcio, Saíta pressionou o que pode para conseguir o contrato de fornecimento de comida para presos e doentes. Conseguiu um contrato emergencial junto à Sesau e agora, passados pouco mais de 7 anos, o TCE descobriu o rombo (o período superfaturado compreende junho a setembro de 2011. E em tão pouco tempo eles conseguiram fazer um estrago desse tamanho nos cofres públicos.

Ressurgindo com força

O clã Donadon tem mostrado que é duro na queda no que diz respeito à política. Com condenações, prisões, altos e baixos envolvendo a família eles estão conseguindo dar a volta por cima. Nas eleições desse ano estarão no páreo Melki Donadon, que assumiu o comando do PDT em Vilhena e vai tentar uma cadeira na Câmara dos Deputados e sua cunhada, Rosângela, candidata à reeleição para a Assembleia Legislativa.  Eles já comandam a prefeitura de Vilhena.

Na mídia

O assassinato de uma pessoa não deveria estar causando polêmica do tipo discutir o partido da vítima, de onde vieram seus votos ou debates para saber se ela “merecia” ou não. O que estamos testemunhando no Brasil atualmente é desumano, não dá para comparar a dor da perda de uma pessoa com outra. Violência é violência e as pessoas não são iguais. Devemos nos indignar por todos os assassinatos, mas a sociedade é feita de símbolos e alguns representam tantos outros. A tentativa de desqualificar as vítimas, ou reduzir a violência a uma discussão partidária é um ato leviano e deve ser combatido. Realmente lamentável o que estamos presenciando no caso envolvendo o assassinato da vereadora carioca Mariella.

Da Paraíba

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou nesta sexta-feira (16) que a munição usada na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) foi roubada na sede dos Correios na Paraíba. Jungmann deu a informação ao comentar o fato de a munição encontrada na cena do crime pertencer a um lote vendido à Polícia Federal de Brasília em 2006. “Essa munição foi roubada na sede dos Correios, pela informação que eu tenho, anos atrás na Paraíba. E a Polícia Federal já abriu mais de 50 inquéritos por conta dessa munição desviada”, afirmou o ministro.

Indeferido

O ministro Edson Fachin negou nesta sexta-feira novo pedido para que o ex-presidente Lula recorra em liberdade e diz que não  vai levar o Habeas Corpus a mesa para julgamento do plenário. Fachin diz que não pode levar em mesa (sem inclusão prévia na pauta) o Habeas Corpus de Lula porque estão pendentes as análises das Ações Diretas que discutem a tese da prisão após condenação em segunda instância. Portas abertas para a cadeia nos próximos dias.

Greve continua

Professores da rede estadual seguem em greve, já que o governo não conseguiu fazer uma proposta convincente. Já a rede municipal está com 2 mil alunos fora da sala de aula por falta de transporte escolar.

Bate papo

Nesta sexta-feira participei de uma entrevista no Rondoniaovivo com o amigo Paulo Andreoli, no programa “Conexão Rondoniaovivo” onde falamos sobre política local, nacional e eleições. Se tiver com tempinho, dá uma olhada no vídeo abaixo:

Leite de ornitorrinco pode ajudar a combater superbactérias

Pesquisadores australianos descobriram em 2010 que o leite do ornitorrinco contém uma proteína potente que evita a proliferação de superbactérias. O atributo, diz a equipe à frente do estudo, poderia ajudar na luta contra um dos problemas mais urgentes da humanidade: a resistência desses micro-organismos a antibióticos. Agora, eles conseguiram isolar a estrutura da proteína e acreditam que a descoberta possa levar à criação de um novo tipo de antibiótico. Ornitorrincos são monotremados, um pequeno grupo de mamíferos que podem botar ovos e produzir leite. Eles não têm mamilos – em vez disso, concentram o leite na barriga e alimentam seus filhotes pelos poros na região. O leite é liberado por eles, como se fosse um “suor”, e aí os filhotes são amamentados “lambendo” o líquido da barriga da mãe. Este sistema de amamentação pode estar ligado às propriedades antibacterianas do leite, de acordo com os cientistas.

Alan Alex

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *