Senador diz que foi “erro de impressão “. E ainda, Leilão da Ulbra ‘babou”,  e a primeira reunião para decidir candidaturas em “grupão”

Deu ruim

O grupo Glory Top, de Hong Kong que havia arrematado a Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) em leilão na justiça do Trabalho por R$ 600 milhões não comprovou o pagamento do valor combinado na data e o procedimento voltou à estaca zero. O grupo está avaliando se volta a oferecer as unidades em novo leilão ou se renegocia as dívidas para tocar a faculdade. O maior problema está sendo a baixa procura pelos cursos superiores, não apenas na Ulbra, mas em todo o setor de ensino superior no Brasil, devido aos altos preços que são cobrados pelas instituições. O povo até quer estudar, mas entre a mensalidade e a compra do mês, a dúvida não persiste.

Grupão

Uma reunião com lideranças de vários partidos aconteceu na tarde desta quinta-feira em Porto Velho na residência da deputada federal Mariana Carvalho para definir quem serão os candidatos que vão disputar governo, senado e câmara. A idéia é formar uma frente ampla para enfrentar as candidaturas de Maurão de Carvalho e Acir Gurgacz. Essa foi a primeira de várias que devem continuar acontecendo durante os próximos dias.

Aqui não…

As caixas de correspondência das residências de Rondônia amanheceram com um informativo do senador Valdir Raupp falando sobre sua atuação. Até ai nada demais, exceto que em Ouro Preto do Oeste, a direção da Casa de Acolhimento do Idoso Promo-Vida ficou furiosa com a notícia de que teria recebido R$ 500 mil em emenda do senador para “construção do Centro do Idoso”, naquela unidade.

Revolta

Em Ouro Preto do Oeste o caso virou notícia, e nas redes sociais a população que conhece o trabalho da entidade se revoltou. A Promo-Vida é ligada à igreja católica e atende idosos há anos. A entidade garante que essa emenda não foi repassada, “sequer ouviram falar nisso”. Postagem feita por Branca Fanticele, uma das fundadoras e membro ativa da entidade, fez uma postagem em seu perfil no Facebook contestando a informação do folheto distribuído por Raupp. E tem uma chuva de comentários…

Raupp diz que foi erroEm nota encaminhará pela assessoria, o senador informou que houve um erro na impressão do óleo material. Veja a íntegra:

Nota de Esclarecimento

O senador Valdir Raupp, por intermédio de sua assessoria de imprensa, se dirige a presidente da Associação PROMO VIDA Lar do Idoso, Mara Magda Rodrigues para pedir desculpas à diretoria da Casa do Acolhimento do Idoso (PROMO-VIDA), de Ouro Preto do Oeste, pelo equívoco de edição que culminou com a publicação de uma foto dessa Instituição em material com as ações do mandato do senador para este Município.

Esclarece que a emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil, de autoria do senador Valdir Raupp foi destinada para a construção do Centro de Convivência do Idoso que está em construção, situado a rua Itamauru Goes de Siqueira, Quadra 119, Lote 200, bairro Jardim Aeroporto.

O andamento das obras pode ser consultado pela população no SIAFI e no SICONV e o contrato, via Caixa Econômica Federal, está registrado sob o nº 01001809-30. A data de vigência do contrato vai até 30/04/2019, tendo sido publicado no Diário Oficial no dia 30/01/2013.

Feitos os esclarecimentos, o senador Raupp reitera o pedido de desculpas pelo desconforto causado pelo erro fotográfico cometido na edição do referido informativo. Acrescenta, por fim, que para reparar a verdade está suspensa a distribuição do referido material, até a correção.

Brasília, 21 de junho de 2018

Ribamar Rodrigues

Assessoria de Imprensa do senador Valdir Raupp

Já em Mirante da Serra

A APAE agradeceu o empenho do deputado estadual Laerte Gomes, que através de emenda (essa de verdade), conseguiu comprar uma série de equipamentos, como ar-condicionados, máquinas de costuras, mesas e outros. Na entrega, Laerte lembrou que “a APAE de Mirante da Serra é um exemplo para Rondônia, de gestão organizada e comprometida”.

Alvoroço

Com a saída de Ivo Cassol da disputa ao governo começou uma correria de pseudo-candidatos ao governo que é uma loucura. Todo mundo acha que ganha de qualquer um e que tudo está resolvido. Não é bem assim. Uma disputa dessa magnitude requer antes de mais nada um grande planejamento, propostas concretas e principalmente responsabilidade com o Estado. O buraco é grande, e não vai demorar para aparecer.

Romário na fogueira

A chapa esquentou para os lados do ex-atacante da Seleção Brasileira e senador Romário Faria. O Coaf descobriu que ele usou uma conta de sua irmã para movimentar recursos o que supostamente seria lavagem de dinheiro. Além disso, um assessor teria sacado R$ 1,3 milhão em dinheiro de uma conta do ex-jogador. O assunto deve pautar o Jornal Nacional desta quinta-feira. Romário é pré-candidato ao governo do Rio. Sobre o assunto, “não finjo ser decente e honesto, eu sou’, diz Romário.

Por fora

Na disputa ao senado em Rondônia, além dos nomes mais conhecidos, como Raupp, Expedito e Jesualdo, correm por fora Aluizio Vidal (REDE) Bosco da Federal e Fabrício Jurado (NOVO), além de Fátima Cleide, que já foi senadora e após um hiato na vida pública ressurge para tentar ressuscitar o PT. Vai ser uma batalha árdua enfrentada pela ex-senadora, já que a maior liderança do partido está presa, o PT virou praticamente um sinônimo de corrupção e os peixes graúdos da política estão alvoroçados.

Pesquisa mostra que transtornos mentais diferentes podem ter a mesma causa genética

Estudo publicado na revista “Science” nesta quinta-feira (21) mostra que transtornos mentais diferentes, como depressão e déficit de atenção, dividem o mesmo grupo de genes, e por isso, podem ter a mesma causa genética. O estudo faz parte do projeto BrainStorm Consortium, iniciativa de cientistas norte-americanos que tenta medir o peso que a genética tem em distúrbios psiquiátricos. A pesquisa envolveu pesquisadores dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Austrália e da Ásia e teve a coordenação de Ben Neale, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). O primeiro autor foi Verneri Anttila, que faz o pós-doutorado no MIT. Para chegar a essas conclusões, cientistas mediram a sobreposição de fatores de risco genéticos de 25 distúrbios psiquiátricos e neurológicos. Foram analisados dados de 215.683 pacientes e de 657.164 pessoas saudáveis (grupo-controle). Também pesquisadores consideraram o quadro clínico e características de quase 1,2 milhões de indivíduos. Os resultados do estudo apontam que a sobreposição genética foi mais forte entre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), transtorno bipolar, depressões mais graves e esquizofrenia. Os dados também indicaram forte sobreposição genética entre anorexia nervosa e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), bem como entre TOC e síndrome de Tourette.

*Coluna atualizada às 19h26min para acréscimo da nota de esclarecimento do senador Valdir Raupp

Alan Alex

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *