0

Que faça as mudanças

O senador Ivo Cassol declarou nesta terça-feira à PAINEL POLÍTICO que torce para que o governador eleito Marcos Rocha (PSL) faça um “governo limpo” e que ele “promova as mudanças prometidas”. Cassol, que está em Brasília onde participou da solenidade de 30 anos da Constituição, aproveitou para falar sobre os avanços trazidos pela Constituição como o capítulo dos direitos e garantias individuais do Senado. Outro avanço, segundo o senador foi a universalização do acesso à saúde com a criação do SUS (Sistema Único de Saúde). ​Sobre a possibilidade do ex-deputado federal Carlos Magno integrar a equipe de Marcos Rocha, conforme vem sendo ventilado nos últimos dias, Cassol declarou “desconhecer a informação”, mas que se isso acontecer, “seria uma grande aquisição para a equipe”. Sobre qualquer tipo de participação no governo de Rocha, Cassol afirmou, “vou apenas ficar na torcida para que ele faça as mudanças prometidas”.

E a equipe, nada

O governador Daniel Pereira já disponibilizou toda a estrutura do governo para que a equipe de transição, que já deveria estar trabalhando, comece a tomar ciência do cenário econômico do Estado, projetos, convênios e estrutura. Em todo o país, onde foram eleitos novos governadores, as equipes de transição estão operando desde o dia seguinte à eleição, apenas Marcos Rocha não apresentou a sua. A dificuldade maior está em encontrar técnicos e nomes que não estejam “manchados” com envolvimento em desvios ou denúncias de corrupção.

E a propina?

Passada a eleição, segue o silêncio do Ministério Público sobre as declarações (graves) de Marcos Rocha acerca de seguidas ofertas de propinas que teriam sido feitas por um empresário quando ele era secretário de Educação do município. O governador eleito não prendeu o indivíduo que tentava suborna-lo, tampouco comunicou as autoridades para tomassem providências. O corruptor segue solto.

Demissão

E a rede de supermercado Gonçalves demitiu nos últimos dias 250 funcionários. Em recuperação judicial desde 2016, a empresa vem enfrentando uma série de dificuldades. O grupo já chegou a ter 1 mil funcionários, e está entre as 10 maiores da região Norte, alegou à época do pedido de recuperação que “com a concessão da Recuperação Judicial, a Requerente terá condições de se reestruturar operacional, financeira e comercialmente, escalonando o seu passivo de forma compatível ao seu fluxo de caixa, a fim de liquidar as pendências junto aos seus credores, fornecedores e parceiros, voltando a gerar resultados positivos, novos postos de trabalho, riqueza e arrecadação de impostos”. Não funcionou.

Os demitidos

Estão com salários atrasados e as verbas rescisórias ainda não foram pagas.

E para complicar

Um dos mais engajados na gestão da rede, Júnior Gonçalves, resolveu investir no setor público, e atualmente é responsável pela agenda de Marcos Rocha. Se essa participação no governo vai evoluir, é bem possível.

Enquanto isso

Na Assembleia Legislativa seguem as articulações para eleição da próxima Mesa Diretora. Informações de bastidores revelam que o governador eleito Marcos Rocha está em plena movimentação para ajudar a eleger uma base para não enfrentar dificuldades no parlamento. Rocha teme um mandato tumultuado, tal qual teve Confúcio Moura quando assumiu em 2011.

Ofuscando

O (ainda) juiz Sérgio Moro, que deve tomar posse como ministro da Justiça em janeiro, concedeu coletiva nesta terça-feira em Curitiba (PR) onde falou sobre suas propostas para o Ministério. E parece que apenas Moro sabe o que está fazendo nesse governo que ainda nem começou, ao menos ele tem um plano. O magistrado aproveitou para rebater as acusações de que teria sido “premiado” com o cargo, sobre o futuro da Lava-Jato e até sobre os movimentos sociais, que ele declarou “que não podem ser tratados como terroristas”. A entrevista de Moro ofuscou a solenidade de 30 anos da Constituição, onde estava presente Bolsonaro e o restante de sua equipe. A entrevista de Moro teve muito mais audiência em tempo real que a transmissão do evento em Brasília. Abaixo, a íntegra:

Falando em entrevistas

Elton Assis, candidato à presidência da OAB/RO, foi entrevistado no programa Sentença, pelo advogado Muryllo Ferri. Elton falou sobre sua proposta de implantação do programa Anuidade Zero que de uma só vez vai sanar a dependência do Conselho federal quanto à Recursos financeiros, e auxiliar o advogado como forma de ajudar a pagar a anuidade. O candidato também se comprometeu em elevar o protagonismo e dar maior altivez à OAB/RO em relação às decisões do administrativas e arbitrárias do Tribunal de Justiça de Rondônia que não tem respeitado as prerrogativas dos Advogados. Brigar para restabelecer o funcionamento cartorário nas varas, Promover um acompanhamento para suspender a tabela de custas do Tribunal e pretende implantar a procuradoria jurídica de prerrogativas e fiscalização nas subseções do interior e descentralizar a fiscalização. Veja a entrevista:


Pessoas diurnas têm menor risco de sofrer de câncer de mama, aponta estudo

As mulheres que têm uma predisposição natural para acordar cedo apresentam menos risco de desenvolver câncer de mama. É o que afirmam pesquisadores da Universidade de Bristol, no Reino Unido. Eles ainda não desvendaram, no entanto, o motivo. De acordo com especialistas, os resultados são relevantes porque podem afetar o risco de toda mulher ter a doença. Eles dizem ainda que o estudo, apresentado na NCRI Cancer Conference, em Glasgow, na Escócia, aumentou o entendimento sobre a importância do sono na saúde de uma maneira geral.

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Para Moro, não se pode tratar movimentos sociais como “terroristas”

Previous article

Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

Next article

Comments

Participe do debate. Comente!

You may also like

More in Capa