CapaColuna Painel Político

Coluna – Tucanos se reúnem e organizam o ninho para eleições em RO; veja como está

0

E ainda, Raupp explica situação da emenda em Ouro Preto e Confúcio Moura vira papagaio de pirata

Como foi

Na última quinta-feira reuniram-se na residência da deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) lideranças do DEM, PSDB, PSD, PR, PP, SD e PRB, para dar início às articulações para as eleições deste ano. A discussão girou em torno principalmente das candidaturas à deputado federal e pelo grupo já ficou definido que disputam Jaqueline Cassol, Lindomar Garçon, Expedito Netto, Luiz Cláudio e Mariana Carvalho, além de outros como Tiziu Jidalias e Cristiane Lopes. Esse será o “chapão para federal”. Candidaturas para deputados estaduais não foram tratadas nessa primeira reunião.

E depois?

O mesmo grupo deverá se reunir em 1 de julho na cidade de Vilhena, logo após a posse de Eduardo Japonês na prefeitura (ele venceu a eleição suplementar contra Rosani Donadon). Até o dia 5 de agosto, data da convenção, o grupo ainda deverá se reunir em Porto Velho, Jaru e Vilhena (novamente). A convenção será em Ariquemes quando deve sair o nome do grupo para a disputa ao governo. Para o senado ficou definido as candidaturas de Marcos Rogério (DEM) e Pastor Edézio Fernandes(PRB).

Expedito vem ou não?

Expedito Júnior não definiu sua candidatura. Apesar da pressão dos partidos, ele pediu um tempo a mais para pensar sobre o assunto. Afirmou à PAINEL POLÍTICO que pretende ouvir a família e o próprio grupo, e está aberto a apoiar outras candidaturas, caso surjam no decorrer do percurso. Também está descartada qualquer possibilidade de candidatura por parte de Jaqueline Cassol ao governo, por opção dela própria, que há tempos vem se colocando contrária a idéia.  

Já Ivo Cassol

Vem monitorando as negociações à distância, mas declarou que qualquer decisão sobre as articulações estão à cargo de Jaqueline, que está conduzindo o processo.

Esse chapão

Pretende enfrentar o grupo que vem sendo capitaneado pelo senador Acir Gurgacz, que tem ainda o MDB, de Maurão de Carvalho e o PSB, de Mauro Nazif e Daniel Pereira. Por essa composição devem entrar no páreo Marinha Raupp, Lúcio Mosquini, Nilton Capixaba (caso consiga liminar), Silvia Cristina, Mauro Nazif e outros. Nesse grupo também estão na disputa pelo senado Valdir Raupp, Confúcio Moura e Jesualdo Pires.

Falando em Raupp

O senador encaminhou nota ainda na quinta-feira sobre o episódio envolvendo a casa do idoso em Ouro Preto do Oeste. Ele explicou que houve um erro na impressão de seu informativo e que a emenda era para outra entidade que funciona na cidade. As obras, de fato, estão praticamente concluídas e os recursos sendo liberados de acordo com as medições. A íntegra do caso AQUI e AQUI.

Não era para reduzir valores?

A Gol está cobrando a mais desde a última quinta-feira para despachar bagagens em seus voos. Se forem utilizados os canais digitais para contratar o serviço, os passageiros das tarifas Light e Promo agora deverão pagar R$ 50 pela primeira mala despachada (o valor sobe para R$ 100 no balcão do check-in) nos voos nacionais. Até então, o valor cobrado pela primeira bagagem despachada era de R$ 30 antecipadamente e de R$ 60 no aeroporto. Na segunda bagagem, o valor cobrado agora é de R$ 70 nos meios online ou R$ 140 no momento do check-in – antes, a cobrança era de R$ 50 e R$ 100, respectivamente. O problema é que quando as aéreas estabeleceram que cobrariam pelas bagagens, disseram que isso baixaria o preço das passagens. Continuamos pagando valores absurdos, e agora também pelas bagagens.

Papagaio de pirata

Confúcio Moura virou uma sombra em eventos públicos. Onde está Maurão de Carvalho, ele está na cola. Mesmo nunca tendo gostado da idéia (e também nunca escondeu) de que o presidente da Assembleia viesse a ser o candidato pelo MDB. Mas, política é a arte de engolir sapo e Confúcio está seguindo a cartilha. O problema é que ele prejudica Maurão. Foi de Confúcio a idéia estapafúrdia de criar 11 áreas de reserva em Rondônia nos últimos dias de sua gestão. Depois que deixou o governo, virou papagaio de pirata nas andanças de Maurão.

Cientistas descobrem composto que imobiliza célula do câncer e impede metástase

Uma nova pesquisa publicada na revista “Nature Communications” nesta sexta-feira (22) abre novos caminhos para impedir que o câncer se espalhe para outras áreas do organismo. Em estratégia inédita, cientistas “congelaram” a célula cancerígena para que ela não se movimentasse. Trata-se de uma mudança de perspectiva na luta contra o câncer, dizem os cientistas. Isso porque, na maior parte das pesquisas em oncologia, os esforços se concentram mais em matar o tumor. Os testes foram feitos com a molécula KBU2046, composto que inibiu o movimento de células do câncer em quatro diferentes tipos de células do câncer humanas: câncer de mama, próstata, colorretal e pulmão. “O movimento é a chave. Se as células cancerígenas se espalharem por todo o seu corpo, elas vão tirar sua vida. Podemos tratar, mas esse movimento vai tirar sua vida”, diz em nota Raymond Bergan, professor de oncologia médica no Instituto OHSU Knight Cancer (EUA). “Começamos com uma substância química que impedia as células de se moverem. Depois, sintetizamos o composto várias vezes para que ele fizesse um trabalho perfeito de parar as células sem efeitos colaterais”, diz Karl Scheidt, em nota. Pesquisadores almejam que a droga possa ser administrada em cânceres iniciais para diminuir ao máximo que o tumor se espalhe para o resto do corpo e o paciente tenha um tumor intratável no futuro. Cientistas estimam que serão necessários dois anos e US$ 5 milhões para que os primeiros testes sejam realizados em seres humanos.

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Em nota, Raupp explica emenda para entidade em Ouro Preto do Oeste

Página anterior

5 razões pelas quais é tão difícil renovar a política brasileira

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar

Mais em Capa