Politica nacional

Confúcio queria indicar Wagner de Freitas para vice de Daniel Pereira

0

Proposta foi feita na quarta-feira da semana passada e comprova que governador não quer Maurão

Confúcio Moura, de fato, não quer nem ouvir falar em candidatura de Maurão de Carvalho. Na quarta-feira da semana passada, em reunião com o vice-governador Daniel Pereira, quando tratavam da transição, Confúcio propôs a Daniel que aceitasse o atual secretário de Finanças do Estado, Wagner de Freitas, como seu vice em uma chapa PSB/MDB.

O convite comprova que o governador não estava dando muita bola para a pretensão de Maurão de Carvalho, pré-candidato do MDB ao governo desde que ingressou na legenda, à convite do próprio Confúcio com a promessa de apoio.

Para entender melhor a história, é preciso voltar no tempo. Maurão havia rompido com seu então partido, o PP, do senador Ivo Cassol em 2014, quando não conseguiu ser candidato ao governo. Considerando-se traído pelo senador, cuja irmã, Jaqueline foi a candidata do grupo, Maurão ficou sem partido até que em 2016 aceitou convite de Confúcio, Raupp e Tomás Correia e ingressou no partido, com a promessa de poder disputar o governo em 2018 pela legenda.

No final do ano passado, Maurão chegou a organizar um jantar em sua residência onde convidou toda a cúpula do PMDB que, na ocasião, bateu o martelo em relação à sua candidatura ao governo, estavam todos lá, inclusive Confúcio Moura.

Porém. Confúcio nunca lidou bem com a situação e a amigos confidenciava que Maurão “não tinha capacidade para administrar o Estado” vinha trabalhando a candidatura de Wagner de Freitas, conforme PAINEL POLÍTICO revelou em outubro do ano passado.

Na reunião da última quarta-feira com Daniel Pereira, Confúcio deixou claro que não estava alinhado com os interesses do MDB, tampouco com as intenções de Maurão de Carvalho.

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Superior Tribunal de Justiça decide nesta terça se livra Lula de ser preso

Página anterior

Maurão diz que ALE vai implantar CPI para investigar grampo clandestino

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar