Eduardo Japonês (PV) vence eleição suplementar e é o novo prefeito de Vilhena, derrotando a candidata do MDB, a ex-prefeita cassada Rosani Donadon.

Com 100% da apuração, Japonês soma 21.520.

Houveram 1.520 votos brancos (3,46%)

Abstiveram-se 14.824 eleitores, (25,21%)

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Rosani disputou e ganhou a eleição para prefeita em 2016, mas estava com os direitos políticos suspensos e teve o registro de candidatura cassado quase um ano e meio após a posse. Com a decisão do TSE, a Justiça Eleitoral convocou eleições suplementares

Avocando a prevalência da Lei – quem der causa a anulação de eleição não pode participar da eleição suplementar – sobre o acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Ministério Público Eleitoral pediu o indeferimento do registro da candidatura de Rosani Donadon na eleição suplementar.

Ao tentar registrar seu nome junto a Justiça Eleitoral, a candidata foi barrada pelo juiz de Vilhena (RO), no Cone Sul. Entrou com Recurso, que foi negado pelo TRE na ultima terça (29).

Redação Painel Político

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *