0

Machadinho D’Oeste é um dos três finalistas do prêmio Internacional de combate à Malária

O prêmio Champions of the Americas Award 2018 reúne cidades de toda a América que trabalham pelo combate ao vírus a proliferação e a erradicação.

Machadinho é finalista do prêmio pela primeira vez, e o chefe do executivo Municipal Leomar Patrício (PHS), representa a cidade e participa dos debates, na oportunidade o prefeito apresentou os modelos usados pelo município para a redução de casos da doença na grande região. O município deve receber a homenagem da Organização Pan-Americana de Saúde por ter alcançado reduções significativas no número de casos de malária no Estado de Rondônia, contribuindo para erradicação da doença.

O chefe do executivo falou da importância desse prêmio para Rondônia. “Machadinho e Rondônia está em festa, pois somos um dos três finalistas das cidades das Américas que disputa esse prêmio, isso eleva nosso município no cenário Internacional, e confere à Rondônia uma horaria ainda maior, pois em Machadinho estamos fazendo dever de casa no combate à doença e hoje terça-feira (06) conheceremos a cidade vencedora desse prêmio.” disse Leomar Patrício de Washington.

Para ser reconhecido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS), Machadinho d’Oeste usou projetos inovadores para superar os desafios da malária na cidade, região de Rondônia que mais sofreu com a epidemia nos últimos 30 anos. Além de pesquisas, a administração municipal usou programas que contribuíram para a consecução dos ODM. Machadinho está entre as cidades finalistas e favoritas ao prêmio junto com Tabatinga-AM e Suriname.

Rondônia vem apresentando redução no número de casos de malária a cada ano, como resultado conjunto dos municípios, e Machadinho d’Oeste foi à cidade que mais obteve resultados entre 2015 e 2018.

Texto: Mateus Andrade
Fotos: Organização Mundial da Saúde

Redação Painel Político
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

PT quer impedir Moro de assumir ministério até CNJ avaliar suposta parcialidade

Previous article

Comissão de Saúde discute denúncias sobre situação de alagamento no Hospital JP II

Next article

Comments

Participe do debate. Comente!

You may also like