0

O Tribunal Superior Eleitoral suspendeu nesta terça-feira, 4, a eleição suplementar que aconteceria em Rolim de Moura (RO) no próximo dia 9.

O prefeito Luizão do Trento (PSDB) que havia sido afastado pelo Tribunal Regional Eleitoral volta ao cargo ainda nesta terça-feira. 

Por unanimidade de votos o prefeito e seu vice, Fabrício Melo de Almeida (PSD), tiveram os diplomas e os mandatos eleitorais cassados. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) foi durante sessão realizada no dia 12 de julho deste ano. 

O motivo da punição, conforme pedido apresentado ao TRE pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), é pelo suposto uso de recursos de pessoas jurídicas, de forma direta e indireta, na campanha eleitoral de 2016.

A justificativa para a cassação dos mandatos inclui, ainda, a captação ilícita de recurso para fins eleitorais e “caixa dois”. O pedido do MPE foi votado pelos membros do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), que concordaram com a cassação na tarde desta quinta.

*Matéria em atualização

Alan Alex
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Projeto de Lei que cria documento de identificação para pessoas autistas é aprovado

Previous article

Investigado, Paulo Guedes pede para depoimento ser adiado

Next article

Comments

Participe do debate. Comente!

You may also like

More in Capa