fbpx
Por adultério, indiana leva chicotadas do marido e é estuprada em praça pública

Segundo as investigações policiais, a mulher havia fugido com o amante na primeira semana de março e, desde então, estava hospedada na casa de um parente

Uma mulher foi amarrada em uma árvore e açoitada em praça pública por seu próprio marido, na Índia. De acordo com informações do Daily Mail , a indiana – que não teve a identidade divulgada – foi julgada como adúltera pelo tribunal da aldeia de Sher Singh, por ter fugido com outro homem.

A polícia de Bulandshahr explicou que, após levar 100 chicotadas de cinto do marido, identificado somente como Saudan, e do próprio filho, a mulher desmaiou. Depois disso, ela foi estuprada por um grupo de cinco homens que observavam a agressão. O homem e o filho do casal foram detidos em uma delegacia no norte da Índia , nessa quinta-feira (22).

A agressão e as investigações

Ao procurar os oficiais para prestar queixa do marido, a vítima relatou ter sido amarrada em uma árvore na praça da aldeia, apanhando até perder a consciência. Ela afirma que, no dia 10 de março, depois de ter deixado a casa da família, recebeu uma ligação de Saudan pedindo para que retornasse, pois gostaria de recomeçar o relacionamento.

Aceitando a proposta, quando chegou ao local na última semana, foi recebida por um júri formado por aldeões mais velhos, que já a tinha condenado por traição e escolhido a punição que deveria ser aplicada a ela naquele mesmo dia.

Segundo as investigações policiais, a mulher havia fugido com o amante na primeira semana de março e, desde então, estava hospedada na casa de um parente.

Também foi descoberto pelos oficiais que, depois de ser violentada por um grupo de rapazes que ainda não foi encontrado, ela sofreu ameaças para que não contasse sobre o ocorrido para ninguém.

A mulher ficou gravemente ferida, e pediu a condenação do marido, filho e dos cinco homens que estão foragidos . “Registramos uma ocorrência contra Saudan, o ex-chefe da aldeia Sher Singh e seu filho, Shravansinh. Eles estão presos e agora estamos buscando localizar os outros envolvidos no caso. Em relação a mulher, a encaminhamos para o hospital para a realização de exames médicos. Ela se recupera bem”, concluiu o inspetor da Delegacia de Polícia da Índia, Altaf Ansari.

Fonte: ig.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta