Por que desprendimento de iceberg gigante na Patagônia intriga cientistas

Um iceberg gigante que se desprendeu da geleira Grey, no sul do Chile, pegou de surpresa autoridades locais e está intrigando especialistas.

Funcionários da Corporação Florestal Nacional, entidade vinculada ao governo que responde pela política florestal do país, afirmam ter se deparado com o fenômeno na última segunda-feira (27).

O glaciar é uma das formações de gelo do Parque Nacional Torres del Paine, uma área formada por montanhas, lagos e geleiras na Patagônia chilena.

Encontrar blocos de gelo soltos na região não é incomum, mas esse caso foi classificado como “especial”.

De acordo com o glaciologista Andrés Rivera, há algum tempo não era visto um iceberg com características tão particulares.

“É um iceberg muito grande, por sua forma e dimensão”, disse ele, especialista do Centro de Investigações Científicas chileno. 

Localização do iceberg na parte sul do Chile (Foto: BBC )

O especialista detalhou quais características tornam esse iceberg tão inusitado:

1. Seu tamanho

Análises preliminares indicam que o iceberg tem cerca de 350 metros de comprimento por 300 metros de largura, o que significa uma área de aproximadamente 100 mil metros quadrados.

Para efeito de comparação, seria algo equivalente a 16 campos de futebol profissional.

“Sempre há a liberação de icebergs, mas essa geleira tem sofrido recuos e perdido massa praticamente durante todo o século 20. E isso se acelerou na última década”, observa Rivera.

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta