Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Porto Velho Shopping organiza evento que prejudica os lojistas

0

Os lojistas do PV Shopping ficaram chocados ao receberem confirmação através de terceiros de que os administradores do shopping acertaram os detalhes e datas para a realização de evento gastronômico em seu estacionamento.

Apesar dos apelos feitos nas últimas semanas pelos lojistas e pela Associação de Lojistas do PV Shopping – ALLOSHOP, os administradores decidiram seguir adiante com a locação do estacionamento para o evento.

A falta de diálogo com a administração do PV Shopping e a preocupação dos lojistas com a situação do empreendimento é palpável. Os lojistas afirmam que a realidade dentro do PV Shopping é muito complicada. Só esta semana duas grandes lojas, fecharam as portas, mas nem isso parece sensibilizar os administradores.

“Os custos operacionais dentro do Porto Velho Shopping são exorbitantes e não param de subir. O valor do condomínio do PV Shopping subiu muito acima da inflação desde a inauguração. Além disso, o ar condicionado mais que triplicou o valor e a energia sempre foi muito mais cara do que na rua quando deveria ser o contrário. Temos documentos que mostram que o PV Shopping repassa despesas para os lojistas de forma irregular.

Muitas lojas estão fechando ou correm o risco de fechar nos próximos meses. É uma situação totalmente insustentável e, para piorar as coisas, os administradores querem trazer para o estacionamento um evento que servirá para tirar as pessoas de dentro do Shopping e diminuir as vendas dos restaurantes dentro do Shopping. É justamente o contrário do que deveriam fazer e é um desrespeito enorme com aqueles que deveriam ser seus parceiros comerciais”, afirmam os representantes dos lojistas.

Nas comunicações com a ALLOSHOP, os administradores do PV Shopping alegam que eventos similares ocorrem em outros shopping e tentam justificar estas ações dizendo que eles atraem clientes aos shoppings.

Os representantes da ALLOSHOP afirmam que isso não é verdade. “Conversamos com colegas de outras associações de lojistas e inclusive diretamente com lojistas de shopping centers onde foram realizados eventos similares e, sem exceção, todos informaram que não sentiram aumento de fluxo de clientes nos shoppings e que tais eventos geraram prejuízos para os donos de restaurantes nestes dias”.

Segundo os lojistas o interesse do PV Shopping é todo voltado para o aluguel do estacionamento e o aumento no número de veículos que vai entrar no estacionamento durante o evento, que também gera renda extra pra eles. Não lhes interessa se o evento pode trazer prejuízo para os lojistas.

“Todos temos negócios no PV Shopping e queremos que os clientes venham visitar nossas lojas e que passem a maior quantidade possível de tempo ali. Infelizmente temos que lidar com administradores que não veem os lojistas como parceiros comerciais e que jogam contra os lojistas. Os lojistas muitas vezes ficam reféns dos altos custos do shopping e acabam sendo coagidos e constrangidos pelos administradores. São incontáveis os relatos que ouvimos de lojistas que foram constrangidos, humilhados e coagidos pelos administradores do PV Shopping,” diz um lojista que pede que não seja identificado por medo de retaliação por parte da administração.

Ele ainda complementa: “Se você me perguntar se eu recomendo o PV Shopping para os clientes, é claro que eu recomendo. É um shopping legal e confortável, com excelentes lojas e muitas opções de lazer e compras. Torço para que todas as operações dentro do Shopping tenham muito sucesso. Agora, se você me perguntar se eu recomendaria a um amigo ou parente que o mesmo abrisse uma loja no PV Shopping, eu diria que a pessoa deveria falar com muitos outros lojistas e com a associação de lojistas para entender melhor onde está se metendo e para poder negociar condições decentes com a administração do Shopping. Quem não souber nada de shopping e conversar só com os administradores já entra com sérios problemas e dificilmente vai sobreviver. Eu estou ali dentro e conheço muito bem as dificuldades que enfrentamos. O trato que a administração dispensa aos lojistas é maquiavélico. O lojista compra um sonho e recebe um pesadelo.”

ASSOCIAÇÃO DOS LOJISTAS

A ALLOSHOP vem se estruturando e tem atuado no último ano para tentar trazer equilíbrio à relação entre o administrador do shopping e os lojistas. “Hoje temos muitas informações sobre os custos dos lojistas dentro do PV Shopping, então um empresário que estiver considerando abrir um negócio no Shopping tem na ALLOSHOP uma importante ferramenta para tentar conseguir condições contratuais que viabilizem o negócio ou até para tomar uma melhor decisão com relação à abertura ou não do negócio no PV Shopping.

A ALLOSHOP está à disposição e fará sempre todo o possível para auxiliar empresários que estejam considerando fechar contrato com o PV Shopping. Um de nossos principais objetivos é auxiliar para que os lojistas consigam negociar condições que realmente viabilizem seus negócios, para que possam prosperar, investir em suas lojas e atrair mais clientes para o Shopping.”

Os representantes da ALLOSHOP explicam que quando um lojista negocia condições insustentáveis para sua empresa, ele logo fica endividado, deixa de investir e muitas vezes é forçado a fechar as portas. “Temos visto isso no PV Shopping o tempo todo. Isso não é bom para os demais lojistas dentro do Shopping. Um shopping forte só existe com lojas rentáveis”, diz outro lojista.

Os representantes da ALLOSHOP dizem que decidiram recorrer à mídia para tentar sensibilizar a administração do PV Shopping e até os organizadores do evento quanto à não realização do mesmo, já que não obtiveram êxito ao tratar do tema diretamente com os administradores do PV Shopping.

“Ainda temos esperança de que prevaleça o bom senso e desistam da ideia, e de que nos procurem para conversar. Estamos à disposição dos administradores do shopping. Adoraríamos realizar um evento gastronômico nas praças de alimentação do PV Shopping, que serviria para atrair clientes para dentro do shopping e não para fora. Pagamos pelo departamento de marketing do shopping, que poderia coordenar tudo”, diz o presidente da ALLOSHOP, que complementa, “se não houver outro jeito, buscaremos a justiça novamente. Não teremos outra alternativa.”

Fonte: RONDONIAOVIVO

Comentários
Carregando