fbpx
Prazo final para regularização do título de eleitor é nesta quarta, dia 7

Quem tem pendências com a Justiça Eleitoral, deseja transferir o título e os  jovens que já tem ou completará 16 anos até o dia da eleição tem só até esta quarta-feira, dia 7, para regularizar sua situação.  Funcionando provisoriamente no prédio do Centro Político Administrativo (Palácio Rio Madeira, à Avenida Farqhuar), a Central de Atendimento ao Eleitor montada pelo Tribunal Regional Eleitoral, ampliou o número de guichês de 12 para 36 visando atender ao grande fluxo de pessoas que deixam para resolver o problema no último momento.

Na segunda e nesta terça-feira foram registrados mais de mil atendimentos por dia e a expectativa que esse número seja ainda maior nesta quarta-feira, prazo final.

Quem não votou nas últimas três eleições e não justificou a ausência deve procurar a Central e se regularizar, para não ter o título de eleitor cancelado. O cancelamento do título eleitoral implica em uma séria de problemas que vai desde o impedimento de tirar passaport, até a abertura de contas em bancos, ingresso em universidades públicas ou participar de concurso público.

Com o grande número de pessoas que deixaram para quitar suas pendências com a Justiça Eleitoral no final do prazo, tem sido grande o movimento na Central de Atendimento do TRE. Nem mesmo a ampliação do número de guichês de atendimento foi capaz de evitar as filas e a grande concentração.

O gerente de fechamento do cadastro eleitoral, Alexandre Gonçalves, alerta que não há possibilidade de prorrogação do prazo para a regularização eleitoral e chama atenção para os problemas a quem não tirar o título até esta data ou regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral.

A Central de Atendimento ao Eleitor atenderá das 8 às 18h, nas instalações do TRE no CPA.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta