fbpx
Prefeita de Jaru é novamente afastada pela Câmara

Fora 12 votos a favor do afastamento contra 3; advogados já impetram mandado de segurança

Porto Velho — A Câmara de Vereadores de Jaru (280km de Porto Velho) afastou pela segunda vez, em menos de 30 dias, a prefeita Sônia Cordeiro (PT) do cargo. A comissão processante alega que houve adulteração de um Termo de Ajustamento de Conduta  (TAC) do transporte escolar.

O vereador José Augusto leu e colocou o relatório final da investigação  em votação, tendo os vereadores decidido  pelo afastamento da Prefeita Sônia Cordeiro e o Secretário Municipal de Educação,  Leomar Lopes,  dos seus respectivos  cargo por um período de noventa dias até que se conclua toda a  investigação, podendo os acusados serem absolvidos ou ter o mandado cassado – no caso da prefeita.

Foram doze (12) votos favoráveis a seu afastamento e a penas três (03) contra, sendo que os votos contrários foram proferidos apenas pelos vereadores do partido da prefeita (PT). Antes disto foi oportunizada aos acusados a defesa em plenário, realizada por seus assessores jurídicos. Leomar Lopes foi representado pelo advogado Sidinei da Silva e a prefeita Sônia Cordeiro foi defendida pelo advogado  Nelson Canedo, que atribuiu a situação a um erro técnico, cometido por uma servidora municipal, que não deveria ser refletido nos gestores públicos. O advogado da prefeita afirmou que todo o processo inerente à comissão de investigação estava ilegal, classificando como uma “lambança” e tal fato não poderia ensejar seu afastamento, uma vez que a prefeita não poderia ser afastada toda vez que um servidor fizesse algo errado.

Mesmo assim, os vereadores Jeverson Lima e Moises da Manaim, alegaram que o advogado estava “equivocado”, pois todo o processo havia passado pela apreciação do Juiz de Direito Elsi Antônio Dalla Riva no dia anterior. O magistrado, segundo os vereadores, teria confirmado a legalidade do ato do Poder Legislativo, e não deferiu a liminar que pedia a anulação da sessão.

Com esta decisão, o Vice Prefeito Inaldo Pedro Alves assumirá novamente a prefeitura. O advogado Nelson Canedo informou que já deu entrada em um mandado de segurança requerendo o retorno de Sônia ao cargo.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta