Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Prefeito de Vilhena pode ser expulso do PP por infidelidade

0

A informação corre nos bastidores do Partido Progressista. O prefeito de Vilhena, Zé Rover e a primeira-dama, Lisângela Rover, ambos do PP, podem ser “convidados” a sair do partido.

O motivo: infidelidade partidária por apoiar candidatos de legendas e coligações opostas à sigla progressista.

Filiados ao PP local garantiram que a situação é quase irreversível. E tudo aconteceu devido ao apoio oficial que o prefeito garantiu ao presidente da Casa de Leis e vereador Vanderlei Graebin (SDD), que é candidato a deputado estadual na coligação liderada por Expedito Júnior (PSDB), rival político confesso de Ivo Cassol, manda-chuva do PP.

Na noite da última segunda-feira, 4, durante reunião da coligação “Rondônia no Rumo Certo, de Novo”, no bairro Vila Operária,  foi apresentado aos moradores um vídeo gravado pelo prefeito, que estava ausente, pedindo votos para Jaqueline Cassol e Ivo Ivone Cassol, candidatas ao Governo e ao Senado, respectivamente, e concluiu sua fala pedindo votos para Graebin.

Já com relação a Lisângela, o motivo seria o apoio ao Senador Acir Gurgacz (PDT), que tenta a reeleição na coligação liderada por Confúcio Moura (PMDB). Nesta quinta-feira, 7, a primeira-dama percorreu o comercio vilhenense acompanhada do Senador e pediu votos para o parlamentar.

As informações são do Extra de Rondônia

Comentários
Carregando