Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Prefeitura anuncia que já fornece internet grátis na zona sul

0

Estudos já estão sendo feitos com objetivo de, futuramente, instalar outras antenas e disponibilizar o acesso à rede mundial de computadores gratuitamente para toda região

Na manhã de domingo (26), foi inaugurado o projeto Porto Velho Cidade Digital, na rua do Algodoeiro, ao lado do 7º DP, Zona Sul. No local, a Prefeitura instalou uma antena que emite sinal de internet (Wi-Fi) grátis num raio de até três quilômetros. Estudos já estão sendo feitos com objetivo de, futuramente, instalar outras antenas e disponibilizar o acesso à rede mundial de computadores gratuitamente para toda região, bem como para 100% da capital.

O diretor do Departamento de Recursos de Tecnologia da Informação (DRTI), Wilson Koharata, explicou que foram montados três “conjuntos de rádios transmissores” na torre. Os dois primeiros com 2,4 gigas e o último, no ponto mais alto e com abrangência maior, com 5,8 gigas de potência. “Os primeiros são para atender a população e o último para disponibilizar internet aos equipamentos públicos, a exemplo de escolas e unidades de saúde, dentre outros”, disse.

Além dos rádios (quatro em cada “conjunto”) com abrangência de 360 graus, foi montada toda uma estrutura que inclui fibra óptica e um rack onde estão acoplados outros equipamentos de última geração responsáveis pela distribuição do sinal. Todos estão ligados a duas baterias, que permitem o funcionamento deles por até três dias, caso haja um apagão no sistema de energia elétrica da cidade.

O secretário municipal de administração, Joilson Ramalho, destacou o empenho do prefeito Mauro Nazif em disponibilizar serviços de internet grátis para a população. “Com isso, as pessoas poderão fazer pesquisas, trabalhos de EAD (ensino a distância), acessar as redes sociais e acompanhar as notícias do mundo inteiro”, comentou.

Ramalho acrescentou que os técnicos do município vêm trabalhando no projeto há três anos, sob o comando de Koharata. Já foram montadas seis torres de transmissão que abrangem 70% da cidade e 15 praças, mas o objetivo é a cobertura total com internet sem fio de graça para toda a população.

Monitoramento
De acordo com o analista de rede Wellington Souza, toda estrutura de internet grátis é monitorada de uma central que funciona no prédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), na avenida Sete de Setembro com Jorge Teixeira. Ele conta que 67 pessoas trabalham no DRTI, sendo que 14 delas, entre técnicos e analistas, atuam diretamente com o sistema de rede de internet.

Comentários
Carregando