PREFEITURA E ESTADO DIVERGEM SOBRE RESPONSABILIDADE E DEIXAM ESTRADA DO BELMONT EM RISCO TOTAL

Em Porto Velho, há mais de um mês, blocos de concreto foram colocados na entrada da Estrada do Belmont, que dá acesso ao Bairro Nacional, e no trecho que passa em cima de um bueiro, onde a via está desbarrancando oferecendo riscos para o tráfego de veículos e pedestres.

A Defesa Civil bloqueou a entrada da via, deixando apenas as laterais para motocicletas e carros de menor porte, e o local do desmoronamento está aberto apenas em uma mão. Caminhões e carretas que trafegavam por ali em direção a empresas e bases petrolíferas ou saindo do bairro estão desviando o caminho pela Avenida Farqhuar.

Moradores contam que todos os dias alguém da Defesa Civil ou da imprensa aparece para ver a situação do local, mas até agora nada foi feito para solucionar o problema. Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, a estrada é estadual e por isso a responsabilidade pelas providências é do Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER). Quanto ao que compete ao Município, a Defesa Civil interditou a área e comunicou ao órgão competente.

Já assessoria de comunicação do DER afirma que o trecho prejudicado pelo desmoronamento é de responsabilidade municipal, e que o departamento apenas faz a manutenção da estrada partindo do ponto onde termina a Farqhuar até a última base petrolífera. Enquanto os órgãos competentes jogam a responsabilidade um para o outro, aumenta o risco da estrada ficar completamente intrafegável, além do perigo de acidentes com os moradores da região.

Ainda de acordo com a assessoria, durante uma reunião entre representantes do Estado e Prefeitura no final de semana, o Ministério Público determinou que a municipalidade tome providências imediatas para contornar o impasse.

 

 

Fonte: Rondoniagora

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta