Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Prefeitura recupera Linha Transpurus

0

Com apenas 20 dias de trabalho, a prefeitura de Porto Velho, através da Coordenadoria Municipal de Estradas Rurais, já recuperou quase a metade dos 80 quilômetros a serem beneficiados no Vale do Igarapé do Índio, na margem esquerda do Rio Madeira. O trabalho foi concluído nos ramais São Bernardo, Quatro Olhos e Imigrantes, totalizando 33 quilômetros. Nos próximos dias a prefeitura finalizará as obras nos ramais do Índio, Guerreiro e Receba.

O coordenador municipal de Estradas Rurais, Dione Barros, disse que as equipes estão trabalhando mesmo debaixo de chuva. Foi assim que conseguiram a recuperação de 19 quilômetros do Ramal São Bernardo, 7 quilômetros no Quatro Olhos e outros 7 quilômetros no Ramal Imigrantes. “Fizemos uma pausa nas obras da região para atendermos uma situação de emergência na Linha Transpurus”, explicou.

Barroso informou que a recuperação dos trechos críticos da Linha Transpurus começou no último sábado (26), e segue até o final desta semana. Segundo o coordenador, a estrada tem mais de 20 quilômetros de extensão e está com vários pontos críticos, ao ponto de impedir a circulação do transporte escolar. “Além da drenagem das águas pluviais, temos que encascalhar, mas o transporte escolar já está normalizado”, declarou.

Após concluir os trabalhos na Transpurus, as equipes retornam ao Vale do Igarapé do Índio para terminar os serviços nos ramais Receba, Guerreiro e Índio. Somente neste último, 15 quilômetros de pontos críticos serão recuperados. Além da reabertura de estradas, a prefeitura executa obras de drenagem e recuperação de pontes e bueiros.

Outras Obras

Tão logo a prefeitura termine as obras no Vale do Igarapé do Índio, as máquinas seguirão para as Linhas C-10 e C-30, ainda na margem esquerda do Rio Madeira. Na primeira, serão recuperados 8 quilômetros de estrada e na segunda, mais 10 quilômetros. Ao todo, o município de Porto Velho possui 4.840 quilômetros de estradas rurais, localizadas no entorno da Capital e nos distritos.

Nesse primeiro momento, segundo Dione Barroso, a meta é recuperar os pontos críticos para facilitar o transporte escolar e o escoamento da produção. No período de estiagem, a prefeitura vai executar obras de terraplanagem que irão atingir os demais pontos que não receberão obras no período de chuvas.

Comentários
Carregando