Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Prêmio Innovare de 2015 será lançado nesta quinta-feira

0

O Instituto Innovare lança, nesta quinta-feira (5/3), o XII Prêmio Innovare. A cerimônia será no Superior Tribunal de Justiça, às 11h, e marca o início do período para a inscrição de boas práticas voltadas para o aumento da qualidade da prestação jurisdicional e a modernização da Justiça Brasileira.

Na solenidade, será divulgada a nova categoria em que os inscritos poderão concorrer, além do tema do Prêmio Especial, que poderá ser disputado por profissionais de qualquer área de conhecimento.

Em onze anos, mais de 3 mil práticas de todas as regiões do país foram inscritas no Prêmio Innovare. O intuito é identificar, premiar e disseminar as inovações mais significativas desenvolvidas no âmbito do Poder Judiciário.

“Tenho a certeza de que as práticas inscritas, como há onze anos, serão igualmente benéficas ao sistema de Justiça e seus agentes, contribuindo para dar mais celeridade aos processos, inovar tecnologicamente seus afazeres, humanizar a relação com o cidadão e, sobretudo, que estas práticas sejam replicadas por todo o País”, afirma o presidente do Conselho Superior do Instituto Innovare, ministro Carlos Ayres Britto.

A nova categoria, criada pelo Conselho Superior do Instituto Innovare, será acrescentada às cinco disputadas anteriormente: Tribunal, Juiz, Defensoria Pública, Ministério Público, e Advocacia.

Trabalhos replicados

O Prêmio Innovare já premiou 154 trabalhos inovadores, dos quais mais de 90% ainda estão sendo mantidos por seus autores e até mesmo replicados para outros territórios. As práticas inscritas desde a primeira edição do Prêmio estão disponíveis para pesquisa gratuita no site do Instituto Innovare.

O Prêmio Innovare é uma realização do Instituto Innovare, da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, da Associação de Magistrados Brasileiros, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República e da Associação Nacional dos magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), com o apoio do Grupo Globo. O Conselho Nacional de Justiça apoia o prêmio e trabalha na divulgação das ações premiadas. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Comentários
Carregando