Presidente da ASCRON convida filho de Lula para ‘padrinho” após grampos da Lava Jato

Pedro Soares, presidente da ASCRON (Associação dos Cornos de Rondônia) teve acesso ao áudio do grampo telefônico da operação Lava Jato, em que Renata, esposa de “Lulinha”, filho do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, conversava amenidades e dava gargalhadas com Kalil Bittar, irmão do empresário Fernando Bittar, proprietário do famoso sítio de Atibaia.

Pedro  ouviu toda a gravação feita com autorização da Justiça pela Polícia Federal e disse que Lulinha pode ser mais um integrante da associação ou até mesmo padrinho da entidade, por ser uma pessoa nacionalmente conhecida.

O “corno maior” fez questão de dizer, que o “grampo” revela que ouveram cantadas subliminares, quando Bittar foi convidado por Renata a sair de São Paulo e ir ao encontro dela em São Bernardo dos Campo.

Quando convidado, Kalil deu a opção a mulher de quem ela queria que fosse ao seu encontro, “ o Kalil amigo ou canalha”. Renata em meio a gargalhadas continuou convidando o “amigo” e disse o “Ogro, Lulinha” está dormindo. E pede para Kalil trazer um CD do 14Bis.

Veja o vídeo de Pedro 

Rondoniaovivo

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta