Preso suspeito de matar cruelmente travesti em apartamento

O corpo da travesti foi encontrado com várias perfurações de faca pelo corpo na manhã de sábado 28/04/18

A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) em mais um trabalho intenso de investigação, obteve sucesso em prender nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (23), Eduardo S. O, 26, suspeito de assassinar com requintes de crueldade, o homossexual identificado Ronilson Souza Oliveira, 37, conhecido como “Rô” ou Gabriely Francciny.

O corpo da travesti foi encontrado com 25 perfurações de faca pelo corpo na manhã de sábado 28/04/18, em um apartamento na Rua Paulo Leal com Salgado Filho, na região Central de Porto Velho. Câmeras de monitoramento de residências vizinhas flagraram o momento da fuga do suspeito.

Eduardo é apenado e estava recolhido no presídio Urso Branco por roubo. Ele havia fugido da Colônia Penal no dia 27/04 e no dia seguinte comenteu o crime.

O presidiário afirma que a motivação para o brutal assassinato seria porque estaria usando drogas com o travesti no apartamento e supostamente a vítima teria tentado forçar relação sexual com ele.

Foragido da Justiça, Eduardo havia sido recapturado no último dia 04 em Candeias do Jamari.

 

Relembre

Conforme informações colhidas no local pelo Rondoniaovivo no dia do ocorrido, uma testemunha viu um suspeito pulando a grade da vila e saindo correndo do imóvel por volta das 7h30 da manhã.

Desconfiado, o homem ainda seguiu o suspeito, mas não conseguiu alcançá-lo.

O dono dos apartamentos foi informado e ao chegar no local encontrou o corpo da vítima, que estava despida. O imóvel estava todo revirado, mas ainda não se sabe o que teria sido levado. A faca usada no crime foi encontrada no local e apreendida.

 

 

Fonte: Rondoniaaovivo.com

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta