Presos em Roraima foram esquartejados e alguns decaptados; imagem forte

O número de mortos foi confirmado pela Sejuc e a rebelião tem relação com o massacre em Manaus

Logo após o massacre no presídio de Manaus, Roraima registra 33 mortos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), em Boa Vista.

O número foi confirmado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) em nota, que informou que Agentes do Bope (Batalhão de Operações especiais da Polícia Militar) estão no local para conter a situação.

Esse é o terceiro maior massacre em presídios, em número de mortes, na história do Brasil, atrás apenas do ocorrido no Carandiru, em São Paulo, em 1992, quando 111 presos foram mortos e de Manaus onde foram mortos 60 presos esta semana.

Em imagens divulgadas em rede social vários corpos e corações tirados de dentro dos detentos atacados.

A rebelião tem relação com o massacre que deixou mais de 60 mortes no complexo penitenciário Anísio Jobim do Amazonas.

De acordo com informações de agentes penitenciários, não houve fugas. As mortes dos presos ocorreram na ala 05, cozinha e cadeião.

Familiares dos presos estão em frente ao local. Mais informações a qualquer momento.

ATENÇÃO – IMAGEM FORTE ABAIXO:

 

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta