Profissionais de enfermagem pressionam por PCCS e ameaçam greve

E ainda, Cassol deve ser julgado (ou não) nesta quarta-feira pelo STF

Pesadelo

A quarta-feira, 25, parece que não vai ser nada tranquila para o governador de Rondônia Confúcio Moura (PMDB). Além das manifestações já agendadas dos servidores da Polícia Civil, que querem a implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários, os profissionais de enfermagem também exigem o mesmo.

Nesta terça-feira eles encaminharam documento ao governador informando que “esgotaram todas as negociações referentes ao PCCS” da categoria e deram prazo até a quarta-feira, 25, para que o governo dê alguma resposta, do contrário eles ameaçam a deflagração de greve por tempo indeterminado.

Os profissionais de saúde alegam que existe um acordo de 2012 que não foi cumprido.

Ofício encaminhado ao governador nesta terça-feira
Ofício encaminhado ao governador nesta terça-feira

Rondônia Rural Show

Nesta quarta-feira começa o evento Rondônia Rural Show, que tem grande participação do governo e deveria ser motivo de festa. Pelo jeito, Confúcio não terá sossego no parque em Ji-Paraná, isso se ele for. O governador vem cancelando a participação em eventos desde a semana passada, quando a Polícia Civil aumentou a pressão pela implantação do PCCS. Quem anda representando o governo é Daniel Pereira, que tem origem sindical e vem saindo pela tangente. Policiais e enfermeiros não querem conversa com ele, e sim com Confúcio.

O problema

É que assessores do governo garantem que não tem a menor condição do Estado implantar esses planos agora em 2016. A arrecadação caiu e a União vem apertando o cerco. O governo federal deve dar moratória de um ano para os Estados, desde que eles não contratem ninguém no período, não conceda reajustes salariais nem planos de carreiras. Pelo jeito, 2016 vai ser um ano problemático para Confúcio.

 

Também nesta quarta

Deve voltar à pauta do Supremo Tribunal Federal o recurso do senador Ivo Cassol (PP). Mas quem anda torcendo para ver o fim da novela do julgamento pode ter uma surpresa. Na sessão que Dias Toffoli pediu vistas, Gilmar Mendes anunciou que pediria também. Essa história, pelo jeito, vai longe.

A esquerda contra Jucá

PT, PDT, Rede, PCdoB e PPS entraram nesta terça (24) com uma representação contra o senador Romero Jucá (PMDB-RR) na Procuradoria Geral da República (PGR) pedindo a instauração de procedimento investigatório para apurar a gravação onde o peemedebista conversa com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Pura perda de tempo. A conversa entre Jucá e Sérgio só serve para fazer barulho na imprensa, de crime mesmo, nada. Dificilmente a esquerda caviar vai conseguir derrubar o senador de Roraima.

Atrapalhando

E essa mesma turma vem badernando a votação das medidas que foram encaminhadas por Michel Temer para que o Brasil comece sua longa recuperação, após a desastrosa gestão petista. Como a nova meta apresentada ontem por Temer não foi analisada pela Comissão Mista de Orçamento, antes da votação ainda será necessária a leitura do relatório em plenário e a consequente abertura de prazo para apresentação de emendas. Aliados de Temer estão convocando os parlamentares a permanecerem na sessão até o final, ainda que ela se arraste até a madrugada. Como será feriado na próxima quinta-feira, a previsão é que o Congresso já fique esvaziado amanhã.

Por aqui

O governo quer repassar para a prefeitura a área onde fica o Espaço Alternativo. Em sessão tumultuada na assembleia legislativa na última segunda-feira, o plano não deu certo. O deputado estadual Hermínio Coelho pediu vistas a matéria e deve protelar. O governo tem pressa, quer que a prefeitura conclua as obras que já comemoram duas primaveras. Presente de Lúcio Mosquini e Alex Testoni.

Clínica Mais Saúde informa – 15 hábitos comuns (e ignorados) que podem levar ao infarto ou AVC

Especialistas enumeraram atitudes básicas, que todo mundo faz no dia a dia, mas que podem representar sérios riscos para a saúde, podendo levar a casos extremos, como o AVC (acidente vascular cerebral) ou infarto. Confira quais são os erros mais críticos e mude de hábitos hoje mesmo: Comer grande quantidade de carnes muito bem passadas; Exagerar nas atividades físicas; Vaidade acima da saúde; Não levar doenças crônicas a sério; Iniciar atividades físicas intensas muito rápido; Fazer atividades físicas em meio a poluição; Uso de plástico na alimentação (colheres, copos, pratos); Abolir grupos alimentares, como os carboidratos; Não saber quanto sódio ingere; Uso excessivo de remédios; Consumir muitos carboidratos simples (açúcar); Dormir pouco; Consumir álcool com frequência e desde jovem; Fazer sexo sem proteção; Automedicar-se.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta