• Homepage
  • >
  • Destaque
  • >
  • Programa de moradia leva mais de 4 mil pessoas à Talismã 21

Programa de moradia leva mais de 4 mil pessoas à Talismã 21

 

DSC_0451Mais de 4.000 cidadãos foram à casa de shows Talismã 21 para acompanhar a solenidade de abertura, que contou com diversas autoridades e garantir a tão desejada e disputada senha para se inscrever no projeto. Não havia espaço para comportar todos que compareceram no local e muitos ainda aguardavam do lado de fora do estabelecimento, esperando receber ao menos uma senha para entrega da documentação.

Para a operacionalização do evento, foram destacados 300 servidores, sendo 250 do Estado e 50 do município, que farão a triagem e inscrições que poderão ser feitas até dia 19 de outubro. Ao todo, serão distribuídas 1500 senhas diariamente, excepcionalmente na data do lançamento, os organizadores informaram que serão distribuídas de 2500 a 3000 ¨senhas¨.

DSC_0456 A solenidade de abertura do Programa Morada Nova, um projeto voltado para habitação em Rondônia que finalmente chegou à capital e fará o sorteio de 4.000 moradias de mais um conjunto habitacional. O Programa estadual é fruto de uma parceria com o Programa Minha Casa Minha Vida e será executado pela Secretaria de Assistência Social que, segundo a assessoria de imprensa da secretaria, até 2013 já garantiu a construção de aproximadamente 17 mil moradias no estado, investindo R$ 85 milhões, beneficiando algo em torno de 68 mil pessoas. Para 2014 o governo tem mais R$ 15 milhões para investir em moradia popular.

As inscrições que foram abertas hoje serão para o Residencial Orgulho do Madeira, situado na Zona Leste da capital, nas imediações do bairro Mariana. A obra já está cerca de 45% concluída com previsão para término em Julho de 2014.

 Esperança

DSC_0467As jovens Teresa Cristina e Kelly da Silva, 20 e 27 anos, estão esperançosas. Teresa é mãe solteira, tem uma filha de 9 meses, paga aluguel e sobrevive com a ajuda de parentes e amigos. Ela chegou ao Talismã21 às 8hrs da manhã de hoje. “Tenho muita fé. Uma casa dessas já é minha”, disse confiante a autônoma, que ganha cerca de R$ 600,00 por mês.

Kelly tem 2 filhos, um de 3 anos e um de 5 meses. Seu marido ganha um salário de R$ 1200,00 por mês, mesmo assim, a família mora numa invasão no bairro Mato Grosso. Ela conta que chegou às 17 horas desta quarta-feira, 02, para esperar na fila uma chance de realizar o sonho da casa própria. “Cheguei bem cedo que é pra garantir logo a minha também”, comentou a dona de casa que sonha com um lugar pra chamar de seu.

DSC_0463Requisitos para inscrição

– Renda familiar máxima de R$ 1.600,00

– Não possuir nenhum imóvel

– Idade mínima de 18 anos

Critérios

– Idosos

– Mulher chefe de família

DSC_0461– Pessoas em local insalubre ou de risco

– Vulnerabilidade social

– Famílias que possuam pessoas com deficiência

O Programa estabelece uma cota de 3% (três por cento) das habitações para idosos e pessoas com deficiência.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília