Projeto permite registro de candidatos que façam campanha só pela internet

O senador João Capiberibe (PSB-AP) apresentou um projeto (PLS) 43/2016 que altera a legislação eleitoral, prevendo a possibilidade de candidatos escolherem fazer suas campanhas exclusivamente pela internet.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Os partidos poderão indicar até 30% de suas candidaturas nesse modelo. Em entrevista ao jornalista Adriano Faria, da Rádio Senado, Capiberibe explicou que a medida vai diferenciar aquele candidato que queira fazer sua campanha apenas pelo ciberespaço, interagindo com seus virtuais eleitores, daqueles que fazem as tradicionais campanhas de rua.

Ele poderá gastar até dez salários mínimos com sua campanha pela web, mas não poderiam gastar com santinhos, marqueteiros ou campanhas em outros veículos de comunicação. Ouça a entrevista para entender melhor o assunto.

[su_audio url=”http://painelpolitico.com/wp-content/uploads/2016/02/campanha_internet.mp3"]

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta