Projeto reduz prazo para início de tratamento de câncer no SUS

Nos diagnósticos em que o tumor esteja em estágio avançado (3 ou superior), o primeiro atendimento deverá ser imediato

Proposta em análise na Câmara dos Deputados reduz de 60 dias para 30 dias o prazo limite para o início do tratamento de pessoas diagnosticadas com câncer no Sistema Único de Saúde (SUS).

É o que determina o Projeto de Lei 9665/18, do deputado Jorginho Mello (PR-SC). O texto prevê que o primeiro tratamento deverá ocorrer em até 30 dias ou, conforme a gravidade do caso, em prazo menor. Nos diagnósticos em que o tumor esteja em estágio avançado (3 ou superior), o primeiro atendimento deverá ser imediato.

O projeto altera a chamada “Lei dos 60 dias” (Lei 12.732/12), que atualmente assegura a pacientes diagnosticados com câncer acesso ao início do tratamento em até 60 dias.

Dados do Ministério da Saúde, no entanto, mostram que, em média, apenas 60% dos pacientes conseguem ter acesso ao início do atendimento em até 60 dias. Para 17% dos pacientes a espera costuma ser de até 90 dias e os outros 25% aguardam mais de três meses.

“A redução do prazo é importante não só pelo rápido início do tratamento físico, mas também auxilia na recuperação psicológica do paciente, vez que a espera pelo tratamento é um período muito angustiante para o enfermo”, disse Mello.

Tramitação

O projeto será discutido e votado conclusivamente pelas comissões de Seguridade Social e Família, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: agenciacamara

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário