Projeto reduz valor de anuidade de conselhos de corretores de imóveis

In Política

De caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas Comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 4816/16, do deputado Cabo Sabino (PR-CE), que reduz o valor da anuidade devida aos conselhos regionais dos corretores de imóveis. O projeto altera a lei que regulamenta a profissão (Lei 6.530/78).

Pela proposta, os novos valores serão os previstos na Lei 12.514/11, que trata das anuidades cobradas pelos conselhos de fiscalização profissional em geral. (Veja quadro abaixo)

Valores atuais

Hoje, de acordo a Lei 6.530/78, a anuidade do corretor de imóvel (pessoa física) é de R$ 285, valor que, atualizado pelo índice oficial de preços ao consumidor, corresponde hoje a R$ 581. “Ora, o corretor de imóveis é um profissional de nível técnico, não há justificativa para sua anuidade ter o valor quase duas vezes superior a de outros técnicos”, argumenta Cabo Sabino.

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária. Dep. Cabo Sabino (PR - CE)
Sabino: mudança proposta é uma questão de equidade e justiça

Para as pessoas jurídicas inscritas no conselho, hoje os valores variam de R$ 570 a R$ 1.140, conforme o capital social, que, atualizados, vão de R$ 1.163 a R$ 2.326.

Desconto

Ainda segundo a proposta de Sabino, nos cinco primeiros anos de inscrição do profissional, o valor da anuidade será reduzido em 50%.

“Os corretores que ingressaram há pouco tempo na profissão têm ainda mais dificuldades de arcar com os custos impostos pelos conselhos regionais”, justifica o parlamentar.

Tramitação

De caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas Comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Bancada do PMDB pede que Temer não sancione projeto de terceirização aprovado pela Câmara

Bancada do PMDB pede que Temer não sancione projeto de terceirização aprovado pela Câmara

Espalhe essa informação Segundo os senadores, a proposta revoga conquistas trabalhistas e precariza as relações de trabalho no país.

Read More...
Deputado Edson Martins destina recursos para Alto Alegre dos Parecis

Deputado Edson Martins destina recursos para Alto Alegre dos Parecis

Espalhe essa informação Vereadores do município reivindicam apoio para o setor agrícola e compra de ambulância O deputado Edson

Read More...
Vazamento de fotos íntimas da cantora Demi Lovato reforça importância da aprovação de lei brasileira para coibir esta prática

Vazamento de fotos íntimas da cantora Demi Lovato reforça importância da aprovação de lei brasileira para coibir esta prática

Espalhe essa informação Para o advogado, embora o projeto também proteja os homens, são as mulheres as que mais

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu