Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

PT emite “nota pública” sobre episódios em Cacoal

0

O Partido dos Trabalhadores (PT) repudia os lamentáveis fatos envolvendo alguns membros da administração do município de Cacoal em um caso inaceitável de corrupção, com participação de membros do Legislativo municipal. Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (19), na Sede do PT em Porto Velho, depois de tomar ciência dos fatos ocorridos a Comissão Executiva Estadual (CEE) aprovou um conjunto de medidas contra o Diretório e Executiva Municipal de Cacoal e filiados envolvidos na operação DETALHE, conforme segue:

1) Dissolução do Diretório Municipal de Cacoal, com destituição imediata de todos os membros da Executiva e Diretório pela incapacidade de manter a integridade, disciplina e ética partidária;

2) Todos os filiados envolvidos terão suas filiações suspensas de imediato por um prazo, inicialmente, de 60 dias, dentro do qual serão instaurados de oficio processos disciplinares que devera ser concluído o julgamento no âmbito da Comissão de Ética do Diretório Estadual, obedecendo o princípio do devido processo legal;

3) Todos os processos já instaurados na Comissão de Ética do Diretório Municipal de Cacoal serão avocados para a Comissão de Ética Estadual ,
4) O PT desmente veementemente as informações veiculadas na imprensa contra ou usando informações falsas em nome do partido, e que as providencias estão sendo tomadas contra filiados que denigri a imagem do PT,
5) Fica convocada uma reunião do Diretório Estadual para o próximo dia 20 de junho, em Porto Velho, onde essa situação será reavaliada e novos encaminhamentos serão aprovados;

O PT parabeniza as autoridades policiais, do Ministério Público e do Judiciário pelo eficiente trabalho efetuado em defesa do patrimônio públic e lamenta profundamente que filiados seus estejam envolvidos, contra estes serão tomadas no âmbito partidário as providências e punições que o caso exige.

O Partido dos Trabalhadores deixa claro que não compactua com atos ilícitos, seja de filiados ou de terceiros, e defende uma apuração rigorosa por parte das autoridades, punições exemplares e o devido ressarcimento do dinheiro público desviado, independente de cor partidária.

Porto Velho-Ro, 19 de maio de 2015

Comentários
Carregando