Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Quatro homens são presos retirando madeiras em reserva florestal de RO

Operação foi feita nesta terça-feira (12) entre Polícia Militar Ambiental e Sedam. Veículos, armas e munições foram apreendidos na ação.

0

Vários veículos, armas e munições foram apreendidos e quatro homens foram presos durante uma operação na Reserva Extrativista Jaci-Paraná, nesta terça-feira (12), entre Porto Velho e Ariquemes (RO). Entre os materiais apreendidos estão dois tratores, um caminhão carregado com madeiras de toras, cinco motosserras, três armas de fogo, um carro de passeio e duas motos.

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), a operação foi feita em conjunto com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

O flagrante ocorreu quando a equipe de fiscalização viu um ‘carreador’ dentro da reserva. Logo depois os agentes encontraram um caminhão carregado com toras de madeira. Ao lado do veículo também tinha um trator.

Após se aprofundarem na mata, os policiais encontraram um barraco e lá abordaram um homem de 47 anos. Ao perceber a aproximação da guarnidação, segundo a PMA, o suspeito jogou a espingarda calibre 20 no chão.

O homem foi revistado e com ele foi achado um coldre de couro e uma arma do tipo garrucha na cintura dele, municiada com um acessório do tipo laser.

No barraco onde o homem estava foi encontrado um rifle, com a numeração apagada. No local também foram achados seis cartuchos calibre 32 intactos, cinco deflagrados, um cartucho calibre 20 intacto e oito deflagrados, além de 14 chumbos para recarga.

Depois de percorrerem o carreador na reserva extrativista, os agentes encontraram mais três homens. Um deles conduzia um trator e arrastava uma tora de madeira da espécie “Garapa”.

Um dos homens alegou que trabalha na reserva por diária e não soube informar quem contratou o trator e uma moto que estava perto do local. Já outro suspeito declarou que trabalha como serviços gerais e também não soube dizer o nome da pessoa que o contratou para trabalhar na reserva.

Uma segunda moto foi achada, mas o homem também não soube informar a procedência da mesma.

Com o terceiro suspeito a polícia apreendeu uma motosserra. Ele alegou aos policiais que estava na mata serrando toras de madeira para fabricação de lascas, mas também não sabe dizer quem o contratou.

Por estarem com armas e retirando madeira dentro da reserva, os quatro homens foram presos em flagrante por danos ao meio ambiente. Os suspeitos foram levados para a delegacia de Polícia Civil de Buritis.

Fonte: g1

Comentários
Carregando