Quatro presos na Índia por vazar episódio de ‘Game of Thrones’

Quatro pessoas foram presas na Índia por vazar um episódio da série da HBOGame of Thrones” antes de ser transmitida no país, declarou a polícia nesta segunda-feira.

A série de TV que mais pirateada da história, o popular drama fantástico que conta a história de nobres famílias disputando o Trono de Ferro, tem sido atormentada por vazamentos desde que estreou a sua sétima temporada.

Após receber uma reclamação da empresa “começamos a investigar o caso e prendemos quatro indivíduos pela publicação não-autorizada do quarto episódio da sétima temporada”, disse à AFP o vice-delegado de Polícia, Akbar Pathan.

Ele declarou que os quatro – acusados de violação criminosa de confiança e delitos informático – ficariam detidos até 21 de agosto devido à investigação.

O caso foi arquivado por uma empresa de Mumbai responsável por armazenar e processar episódios de televisão por aplicativo, declarou a mídia local.

Os quatro presos eram funcionário da companhia que tinha a credencial oficial que dava acesso aos episódios, acrescentaram os repórteres.

“Game of Thrones” tem mais prêmios Emmy do que qualquer outra série na história e é transmitida em 170 países, com números de audiência devastadores.

Como um bom hit global, tem uma base de fãs enorme no sul da Ásia.

Os criadores David Benioff e D.B. Weiss anunciaram no ano passado que as últimas temporadas teriam menos episódios, sete e seis, e confirmaram o retorno da sétima temporada para julho, ao invés de abril, como as anteriores.

A série aborda a chegada do Inverno desde o episódio piloto, em 2011, e o trailer do último episódio, “Death Is The Enemy, finalmente começou a mostrar a batalha entre os White Walkers e a tropa liderada por Jon Snow (Kit Harington).

Fonte: istoé.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta