Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Quem bancou filme da Lava-Jato? diretor desconversa e diz que “investidores preferem anonimato”

0

Curioso é que ele afirma em entrevista que “filme foi investimento”, mas sem publicidade, qual é o retorno?

O diretor do filme “Operação Lava Jato – A Lei é Para Todos”, Marcelo Antunes concedeu entrevista à revista Veja onde falou (?) sobre os ‘investidores” do filme, que estão anônimos. A película custou R$ 16 milhões que segundo ele “foram captados no mercado”. Ele disse ainda que “foi um grupo de investidores”, mas fica a pergunta, que Veja não fez, se são investidores, evidente que querem retorno financeiro e nada melhor que publicidade para fazer isso.

Mas, se não existe publicidade, de onde vai vir o dinheiro para cobrir os investimentos? Eles estão tão otimistas a ponto de pensar que o filme será um blockbuster que vai render milhões?

O filme, cheio de clichês e sem o apelo de “Tropa de Elite”, estréia essa semana nos cinemas brasileiros, sem grandes expectativas de ser um sucesso de público. E já deve explicações, e muitas, sobre quem financiou sim. Um dos nomes ‘financiadores” descobertos seria Sérgio Amoroso, empresário que teria sido investigado pela PF e MPF.

De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o sindicato dos advogados de São Paulo ingressou na justiça para que os nomes sejam revelados, alegando que “Essa questão está obscura e nossos associados, que defendem réus da Lava Jato, estão preocupados porque as pessoas são apresentadas como culpadas antes mesmo do julgamento final de seus processos. Será que os patrocinadores são de empresas que prestam serviços públicos? Há algum interesse eleitoral nesse filme?”, questiona Aldimar de Assis, presidente do sindicato”.

CLIQUE AQUI para assistir a entrevista do diretor, onde fala, mas não diz nada.

 

Comentários
Carregando