Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Quinquênio – Alan Queiroz reconhece número apresentado ao governo e parabeniza sindicatos pela lisura

0

Líder do governo reconhece trabalho sindical ao convencer Poder Executivo de cálculo equivocado; sensatez da base ajudou nas negociações

O vereador e líder do governo tucano no Palácio Governador Jorge Teixeira, Alan Queiroz (PSDB) parabenizou as lideranças dos sindicatos representados pela presidente do Sindeprof e vereadora Ellis Regina (PC do B) e pelo presidente do Sintero, Manoel Rodrigues, o manoelzinho, por conduzirem as manifestações contra o equívoco do cálculo sobre o impacto ao Erário de forma intelectual, incapaz de produzir confusão e danos a comunidade com paralisação geral.

Após várias reuniões com prefeito de Porto Velho Hildon Chaves (PSDB), líderes sindicais apresentaram dados plausíveis que conduziram ao convencimento do erro no cálculo apresentado pela equipe técnica do Palácio Tancredo Neves.

“O melhor de um indivíduo é reconhecer o erro; parabenizo o manoelzinho e a vereador Ellis Regina, por conseguirem conquistar o corpo técnico ao convencer de número equivocado e não por força, com greve geral”, exaltou Alan Queiroz.

O líder do governo psdbista na Casa de leis municipal de Porto Velho salientou que o prefeito Hildon Chaves (PSDB) necessita do funcionalismo público e o melhor reconhecimento foi a revogação da lei que retirava o benefício a categoria.

Alan Queiroz também agradeceu aos servidores da capital que hoje ocupam uma cadeira no Legislativo municipal e sofreram com as cobranças e críticas dos funcionários públicos — o vereador Júnior Cavalcante, vereadora Joelna Holder, vereadora Ellis Regina e o vereador Edwilson Negreiros que estava presente nas reuniões para ajudar nas negociões com o Poder Executivo.

Ao encerrar seu discurso na tribuna do Plenário das Deliberações da Câmara de vereadores, o vereador parabenizou o prefeito Hildon Chaves por reconhecer cálculo equivocado e pelas renovações nas gratificações que chegam aos 10% de reajuste.

Na sua opinião a administração necessita avançar em relação ao servidor público, em especial a Secretaria de Educação que não têm gratificação há 4 anos. Alan também enfatizou que a próxima luta é trabalhar o plano de carreira dos servidores.

Comentários
Carregando