Raupp cobra conclusão de obras de infraestrutura em Rondônia

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) cobrou do governo a continuidade de obras de infraestrutura em Rondônia. Em discurso da tribuna nesta sexta-feira (2), ele reconheceu a qualidade do trabalho já feito pelo governo federal na restauração de rodovias no estado, mas disse esperar que não ocorra interrupção das obras iniciadas.

— Faço esse apelo às autoridades federais, para que mesmo em período de orçamento apertado, não parem as obras de infraestrutura em Rondônia e em todo o país.

O senador admitiu que o país vive um período de crise econômica e política, com dificuldades de orçamento, mas advertiu que o Brasil não pode parar.

Além dos projetos na malha viária, Raupp citou avanços na telefonia, no saneamento básico e na energia, mas cobrou o cumprimento dos compromissos de melhorias também nessas áreas.

— Rondônia viveu no passado momentos difíceis, devido a grandes racionamentos de energia elétrica, por dias a fio. Hoje temos energia sobrando, graças a Deus, para mandar para outros estados — disse, ao mencionar, no entanto, cortes recentes por testes em subestações das usinas hidrelétricas no estado.

Ele destacou ainda estudos que estão sendo feitos para a construção da Ferrovia Bioceânica, ligando o Atlântico ao Pacífico, em parceria que reúne Brasil, Peru e China.

Porto Velho

No discurso, Valdir Raupp prestou uma homenagem aos 101 anos de Porto Velho.

— Quero parabenizar a população de Porto Velho. O nosso dever, a nossa obrigação é lutar sempre junto ao governo do estado, à prefeitura e ao governo federal para que Porto Velho possa ter uma infraestrutura digna daquele bravo povo que lá chegou ou lá nasceu e que se orgulha de morar na capital de nosso estado.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta