Rebelião em presídio do Rio Grande do Sul deixa 2 presos mortos

Presos ateiam fogo a colchões e continuam amotinados em Sarandi; penitenciária deverá ser invadida pelo Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar.

Uma rebelião na Presídio Estadual de Sarandi, no norte do Rio Grande do Sul, deixou ao menos dois presos mortos na manhã desta quinta-feira. Segundo informações preliminares, o motim na prisão, localizada a 333 km de Porto Alegre, foi iniciado por causa de uma briga entre detentos.

Soldados da Brigada Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil foram ao local, mas, não ingressaram nas dependências do presídio – a entrada na penitenciária deverá ser feita por um Batalhão de Operações Especiais que se desloca para a cidade.

No fim da manhã, os presos estavam no pátio e colocavam fogo em colchões e objetos. A situação era tida como tensa pelas autoridades. De acordo com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), o presídio tem capacidade para 70 presos, mas abriga cerca de 160.

Fonte: veja.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta