Rede estadual de ensino de RO abre mais de 4 mil vagas na região central

Vagas são para escolas em Presidente Médici, Ji-Paraná, Urupá e Alvorada.
Pré-matrícula está aberta e pode ser realizada pela internet.

A rede de ensino estadual abriu cerca de 4.300 vagas para novos alunos em Ji-Paraná, Presidente Médici, Urupá e Alvorada do Oeste, municípios da Região Central de Rondônia. A pré-matrícula online está aberta e poderá ser realizada através do site até a próxima sexta-feira (27). O início das aulas está previsto para o dia 6 de fevereiro.

Para realizar a matrícula, é necessário apresentar a declaração de escolaridade ou transferência da escola anterior, carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e carteira de Bolsa Família, quando for o caso.

Estudantes que pretendem se transferir da rede particular, municipal ou de outro estado também devem realizar a pré-matrícula. Em seguida, um protocolo será gerado e os pais ou o responsável legal do estudante deverá se dirigir até a escola escolhida para efetivar a matrícula, com o protocolo e documentos exigidos em mãos, até 24 horas depois de ter gerado o protocolo online.

Quem não tiver acesso à internet deve ir à escola escolhida em uma data pré-determinada com os documentos necessários. A rematrícula dos alunos que já fazem parte da rede estadual ocorre automaticamente. O início das aulas do ano letivo está marcado para 6 de fevereiro.

Entenda como funciona as reservas de matrículas online

Procurada pelo G1, a coordenadora regional de educação, Léa Moura, explicou como funcionará a nova forma de acessibilidade. A reserva pode ser feita online de qualquer lugar, mas a confirmação da matrícula é feita exclusivamente na escola em um prazo de até 24h após a reserva.

“Esse método veio para facilitar a situação dos pais para que acabem as filas. Eles poderão fazer a reserva de qualquer lugar, mas é importante ressaltar que a reserva não assegura a vaga, pois a matrícula tem que ser efetivada na escola em um prazo de 24h após a reserva ser feita via online. É simples, basta levar os documentos necessários e o atendimento será em minutos, sem enfrentamento de filas. Os pais que não conseguiram o acesso online podem ir até a escola que serão atendidos do mesmo jeito, sem problemas”, declarou a coordenadora.

Fonte: g1.com

Deixe uma resposta