Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Resenha – Fecha o cerco para autoridades de Ouro Preto do Oeste

0

Cômico

Parece comédia, mas não é: o Governo de Rondônia instituiu uma comissão formada pelo Chefe da Casa Civil, Militar, Secel, Seduc, Academia de Letras de Rondônia e Instituto Histórico e Geográfico de Rondônia para que avaliassem e indicassem os nomes de personalidades a serem homenageados com a medalha Marechal Rondon, a principal comenda estadual.

Trágico

Por três meses a comissão se reuniu para avaliar cada nome sugerido. Finalmente escolheu e avisou às pessoas que seriam homenageadas. A princípio, o evento de entrega das medalhas estava marcado para abril e devido às enchentes foi transferido para o final deste mês. Para surpresa de todos a homenagem não vai ocorrer porque somente agora o Governo percebeu que não há mais medalhas disponíveis no estoque e não há tempo hábil para adquiri-las. O que comprova o descaso de uma administração fadada à tragédia. São comendas importantes que seguem uma tradição internacional com critérios definidos por lei.

Protestos

A maior parte da geração política do país é a mesma que foi às ruas décadas atrás para exigir o retorno à democracia com eleições livres e liberdade de expressão. Não é tolerável hoje que essa geração ajude a reprimir de forma violenta as manifestações populares, embora a maioria seja despolitizada e sem causa.

Violência

As cenas publicadas no site Rondoniaovivo do pelotão de choque da PM atirando contra os manifestantes amotinados no prédio da Unir centro, na capital, são absurdas e demasiadamente desproporcionais ao protesto. Como também são inconcebíveis atos extremos de vandalismo contra a propriedade privada ou pública. Não há nenhum problema em protestar contra a copa ou em relação a qualquer outro tema. O que não pode é ação violenta de uma parte e de outra. Em particular de quem é treinado e especialista em choque.

Torcida

Que torçam pela Argentina (eu quero ver os belos gols de Neymar). Que berrem. Enfim, façam o que quiserem. Mas não barbarizem. Quanto aos comandantes das tropas, calma e ponderação não fazem mal a ninguém. Ajam com moderação e dentro dos limites das leis. A democracia agradece.

Nostalgia

Invadir universidade para reprimir populares é um atentado contra a liberdade. Sou do tempo em que milico só entrava na universidade passando pelo vestibular. Como sou nostálgico e desconfiado com o autoritarismo que forjou nossa república, mantenho a mesma posição nos dias atuais. Não esqueçamos que a monarquia foi derrubada por um golpe militar. Aí nasceu nossa república, com a cumplicidade da casta privilegiada dos civis.

Pesquisa

Uma pesquisa divulgada comprova o que os analistas políticos estão careca de saber: a vitória na copa do mundo não influencia na hora da escolha do voto. É uma bobagem achar que o Brasil sendo campeão (espero que seja) os governantes vão faturar as eleições com facilidade. Isto sim é subestimar a capacidade de discernimento da população. Além de ser uma posição arrogante.

Relação

Os petistas rondonienses voltaram a criticar com mais contundência a administração de Confúcio Moura (PMDB) com intuito de marcar posição favorável à candidatura própria. A relação entre governistas e petistas anda de mal a pior. Podemos intuir que na campanha o tom das críticas tende a ser amplificado.

Capitulando

Enquanto os petistas tentam se afasta dos peemedebistas, a ala pepista ligado ao deputado estadual Maurão de Carvalho se aproxima da pré-candidatura de reeleição de Confúcio Moura (PMDB). Maurão escalou o ex-diretor do DER, Lúcio Mosquini, para intermediar uma aproximação com o PMDB. O principal cacique do PP, senador Ivo K-Sol, também já andou entabulando conversas com os governistas. A eventual candidatura de Maurão a governador é cascata, ele já declarou em reservado que almeja ser vice de Moura.

Multa

O senador K-Sol está sendo executado a pagar quase meio milhão de reais, nos autos 0011278-70.2005.822.0701, por descumprimento de ordem judicial momento em que respondia pelo Executivo Estadual. A justiça determinou que mantivesse a unidade de internação para cumprimento de medidas socioeducativas para o sexo feminino em condições de habitabilidade e adequadas ao cumprimento das respectivas medidas. Ignorou a ordem, mas a justiça não ignorou o descumprimento. Um aviso ao atual mandatário.

Pedofilia

Um proeminente auxiliar palaciano é alvo de uma investigação policial por cometer supostamente crime de pedofilia. O escândalo está sob sigilo e não demora para estourar. Há informação que a justiça teria determinado a busca a apreensão em sua residência. Como a coluna está ainda apurando os fatos, por cautela, evitamos em declinar o nome do meliante. Podofilia e tráfico são crimes que a população não perdoa, em particular quando envolve agentes públicos.

Pindaíba

Os comitês dos prováveis candidatos vão ser obrigados a arrumar alternativas financeiras para as campanhas depois que empresas e empresários ficaram expostos a investigações na operação lava-jato. Com uma legislação penal mais severa que entrou em vigor meses atrás, os empresários estão fugindo dos políticos feito o diabo da cruz. A pindaíba das campanhas, neste mês que antecede as convenções, é perceptível.

Festa

O ex-deputado estadual Marcos Donadon deveria procurar ler atentamente a Lei de Execuções Penais antes de permitir a realização da festa articulada por ex-assessores no retorno temporário a Vilhena, domicílio eleitoral. Manifestações dessa natureza podem ser interpretadas como chacota as leis e levar o julgador a suspender direitos consagrados. Porém, suscetíveis as interpretações subjetivas. Os rojões provocaram indignações. Cautela e caldo de galinha não faz mal a ninguém.

Esculhambação

A queda de braço travada entre o prefeito de Candeias do Jamary e o presidente da Câmara Municipal descambou para a baixaria. A situação política do município virou a “casa da mãe Joana”, onde ninguém manda e todos gritam. Quem sofre com a briga é a população carente dos serviços mais comezinhos. Houvesse um ‘recall’, os dois seriam colocados para o olho da rua. Onde nunca deveriam ter saído.

Cerco

Cada dia o cerco está se fechando para as autoridades municipais de Ouro Preto. As informações que surgem desse vespeiro é de arrepiar o couro cabeludo e a legislação vigente. Aguardemos as conexos dos fatos em apuração.

Negociações

Em respeito aos leitores que a coluna conquistou nesses anos, é possível que sejamos forçados (por decisão pessoal) a suspendê-la enquanto durar as eleições estaduais. No entanto, informo que a suspensão poderá ocorrer (em julho) porque estamos em tratativas com um dos pré-candidatos a governador para que coordenemos a área de mídia da campanha. Se fecharmos o contrato, a coluna será suspensa. Esta resenha é hoje publicada em vários sites e replicada por diversos programas radiofônicos do interior, o que exige deste cabeça-chata muita responsabilidade com a verdade e respeito aos leitores fiéis.

Comentários
Carregando