Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Resenha Política – Robson Oliveira

0

Ironia

Convicto de que tem chances para sair vitorioso nas eleições estaduais, Padre Ton, pré-candidato a governador pelo Partido dos Trabalhadores, ironizou a possibilidade de retirar a pretensão em apoio à pré-candidatura de reeleição de Confúcio Moura. De acordo com Ton, prefere rezar missa a ser vice na chapa do governador.

Calvário

A ironia do Padre Ton foi inadequada para quem dedicou um bom tempo à vida sacerdotal, visto que não deve ser nenhum fardo rezar missa para quem professa a fé cristã. Embora figurar na chapa da pré-candidatura do atual mandatário como vice-governador seja um verdadeiro calvário. Sem a menor possibilidade da ressureição.

Crucificados

Já o prefeito de Cacoal, Padre Franco (PT), foi indicado por Ton para a coordenação nacional da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. O interessante é que o prefeito de Cacoal, a exemplo do governador, não está bem avaliado pelos eleitores. Nem por isto padre Ton deixa de exaltar o companheiro vigário em suas perorações.

The end

Não fossem poucos os problemas eleitorais que os governistas enfrentam para emplacar o segundo mandato do chefe, nas entranhas da administração estadual o fogo amigo corre solto. Na tentativa de derrubar secretários e ocupar mais espaço, auxiliares do governador municiam a imprensa com acusações contra colegas de governo. Em ‘off’ falam cobras e lagartos. É o começo do fim.

Negando

Apesar dos três encontros reservados entre o ex-deputado estadual Valter Araújo e o Procurador Federal Reginaldo Trindade, a defesa de Valter explicou que não houve nenhum depoimento oficial entregando os demais membros do Legislativo estadual nem pedido de delação premiada. Mesmo extraoficial, o esquema foi revelado minuciosamente.

Erramos

Cometemos um erro primário (faltou checar a informação) na última coluna quando afirmamos que Valter de Araújo estaria recolhido na unidade do presídio federal. O ex-parlamentar não se encontra em regime prisional diferenciado, mas custodiado numa unidade estadual da capital.

Desdobramento

Os desdobramentos da ‘Operação Termópolis’ estão em fase avançadas e vão provocar novos barulhos em Rondônia. As análises das escutas apontaram novos indícios de malfeitos no executivo e legislativo estadual com extensões capazes de abalar as estruturas de instituições e respingar nas eleições estaduais. A situação é muito mais delicada do que aparenta, segundo apurou a coluna.

Macabro

Os apreciadores das crônicas policialescas e aficionados em suspenses macabros podem dar corda no relógio para aguardar o badalo da campainha porque os meios políticos e empresariais rondonienses vão retornar às manchetes de polícia. Aguardem!

Perigo

Ao ultrapassar o limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal o Governo do Estado corre um grande risco de inviabilizar ações de parceria com a União, além das sanções jurídicas pesadas sobre a pessoa do governante. A LRF foi instituída pelo legislador para dar equilíbrio nas finanças públicas e coibir a ação predatória do administrador perdulário. O alerta de perigo feito pelo Tribunal de Contas, em ano eleitoral, é sinal de que o governo rondoniense não planejou adequadamente suas ações. Confúcio Moura tem oito meses para se adequar a regra senão é condenado. Significa dizer que os comissionados serão demitidos após o resultado das eleições. O governador ganhando ou perdendo. Dura lex lead lex.

Irritaçao

Numa entrevista exclusiva concedida ao radialista Maurício Calixtro o governador demonstrou irritação com um ouvinte que perguntou porque os governos fazem a mesma “moagem’ (sic) e não resolvem os problemas básicos. Moura ficou irritado com a observação e chamou o ouvinte de saco de batatas. A reação destemperada revela o humor áspero do governante com o eleitor. E é só o começo.

Viajante

Durante toda a entrevista radiofônica o governador reconheceu que a administração está aquém das promessas feitas na campanha quando deu nota seis, uma nota regular e muito abaixo da média de bom. Há quem dê nota ainda menor e que o governador viaja na maionese. Em relação aos adversários se comportou com compostura.

Capitão

Não corroboro com aqueles que tentam desconstruir os oitos anos do governo Lula. Ao contrário, mensurando os defeitos e as virtudes, o resultado é positivo. Mas Lula sofre de uma incontinência verbal que abre margem para que seus algozes tenham razão em desqualificá-lo, a exemplo da desastrada entrevista que concedeu à imprensa portuguesa. Quando renegou Zé Dirceu, então capitão do time, virou o personagem Macunaíma (herói sem caráter), da obra de Mário de Andrade. Ademais, todos sabem que ele sabia de tudo. Embora concorde que a pressão política afetou técnicas jurídicas.

Internet

O marco civil da internet representa um avanço no trato jurídico das relações derivadas do uso da rede mundial, como a definição da responsabilidade civil das empresas envolvidas, seu dever de preservar o sigilo e guardar as informações coletadas e, ainda, a previsão de procedimento para o ofendido buscar a exclusão do conteúdo que reputar danoso. A reafirmação da garantia da liberdade de expressão, da proteção da vida privada e da igualdade de tratamento a todos os tipos de conteúdo é elogiável. É uma lei nova que estabelece equilíbrio no uso das ferramentas. Mesmo elevando a liberdade de expressão como garantia maior, não excluiu as demais garantias fundamentais a serem observadas. Portanto, os usuários que adoram achincalhar coloquem as barbas de molho. O bicho vai pegar.

Regabofe

O deputado federal Amir Lando (PMDB) reúne amigos e jornalistas para comemorar a passagem do aniversário, nesta quarta-feira, no clube da OAB-RO. Como é a primeira vez que o parlamentar põe a mão no bolso para comemorar a data com a presença da imprensa, é possível que o regabofe vire um acontecimento político. Esse povo com uísque na cuca solta a língua e rende boas informações. Basta afagar o ego.

Comentários
Carregando