Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Resenha Política – O ex-senador Expedito Junior (PSDB) avisou que não vai ficar trocando insultos pela mídia

0

Boquirroto

Cansado de ser alvo dos impropérios inconsequentes do presidente da Assembleia Legislativa, o ex-senador Expedito Junior (PSDB) avisou que não vai ficar trocando insultos pela mídia com o deputado Hermínio Coelho e resolveu intentar ações de reparação de danos morais contra o parlamentar. Alertou ao eleitor para que avalie melhor as autoridades que se utilizam de um vocabulário chulo para esconder os próprios defeitos.

Claudicando

Durante um aniversário na casa de um jornalista o deputado, ao encontrar o ex-senador, pediu desculpas pelos impropérios que fez durante um programa radiofônico em Vilhena. Após as desculpas aceitas, Hermínio Coelho voltou a claudicar.

Unanimidade

Não surpreenderam nenhum analista político os números revelados por uma pesquisa divulgada no final de semana, colocando o prefeito de Porto Velho como o pior avaliando entre todos os demais. Mauro Nazif (PSB) aparece com 11% de avaliação e é criticado por adversários, amigos, correligionários, religiosos, taxistas, empresários, empregados, desempregados, estudantes e pelos travestis que batiam ponto perto da rua da beira. Enfim, é quase uma unanimidade.

Diferenças

Já o prefeito de Ouro Preto, Alex Testoni (PSD), bem diferente do colega da capital, voltou a constar na lista dos cem prefeitos do país mais bem avaliados. Isso num universo que ultrapassa os cinco mil prefeitos. Quem visita Ouro Preto percebe as razões pelas quais Testoni é bem avaliado, assim como, em relação à capital, compreende a rejeição ao Dr. Mauro. As diferenças entre os dois alcaides são monumentais.

Zona

A prefeitura de Porto Velho voltou a insistir no malfadado projeto de instituir uma nova taxa para cobrar o estacionamento nas principais ruas do centro da cidade. Mesmo sob protesto da maioria da população Mauro Nazif teima em impor ao munícipe a obrigatoriedade de mais um tributo mesmo não dando nenhuma contrapartida em forma de serviço público. A municipalidade articula inclusive defensores dessa zona que serve apenas para encher as arcas de uma administração que não disse para o que veio. Criticam os flanelinhas que, aliás, é muito ruim, mas pelo menos com eles ninguém é compelido a pagar multa caso não pague a malfadada taxa.

Liminar

Está causando a maior confusão uma liminar anulando a sessão da Câmara Municipal de Pimenta Bueno que absolveu os vereadores acusados de terem cometido infrações éticas no exercício do mandato.

Motivos

O problema é que para anular a sessão em Pimenta, alegou-se que não foi convocado o suplente do parlamentar denunciante. O que não corresponde aos fatos, visto que a convocação foi feita, conforme publicação que a coluna teve acesso. Outro aspecto que motivou a suspensão, diz respeito à votação secreta. No momento da votação (dia 01 passado), sequer o Congresso Nacional havia aprovado a modificação nos próprios regimentos internos do voto aberto. A previsão legal para o voto secreto existia no dia em que a Câmara Pimenta Bueno realizou a sessão.

Agravo

Para solucionar o impasse, a matéria foi agravada e encontra-se aguardando julgamento de uma nova liminar visando reformar (ou não) a decisão proferida pelo juízo civil de Pimenta Bueno. Recentemente ocorreu um caso idêntico no legislativo da capital quando os suplentes foram convocados para julgar vereadores envolvidos na ‘Operação Apocalipse’. Um dos convocados deixou a sessão por vontade própria e nem por isto o julgamento foi suspenso. Fato ocorrido também em Pimenta Bueno. Uma nova sessão está marcada para esta quarta-feira, caso a liminar não seja reformada.

Lista

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Rondônia, elegeu os seis nomes dos advogados que serão avaliados pelo Pleno do Tribunal de Justiça para que seja formada uma nova lista com três deles para que o governador escolha um à vaga de desembargador, destinada ao quinto constitucional. Foram eleitos: Juacy dos Santos Loura Junior, Hiram Souza Marques, João Carlos Veris, Marcos Donizetti Zani, Eurico Soares Montenegro Neto e Alexandre Camargo. Ficaram de fora outros bons profissionais, mas os escolhidos dignificam a profissão.

Sabatina

Todos os advogados que concorreram à lista para escolha da vaga de desembargador prometeram fazer valer as prerrogativas profissionais dos advogados mesmo envergando a nova toga da magistratura. Honorários aviltantes e o desrespeito às prerrogativas foram as principais críticas e temas utilizados durante a sessão de sabatina. Nenhum dos indicados anteriormente retornou ao conselho para sequer ouvir as propostas da instituição. Espera-se que agora seja diferente senão o quinto perde o sentido para o qual foi instituído.

TRE

O Tribunal Regional Eleitoral se reúne nesta quarta-feira para eleger e empossar o novo presidente que vai presidir as eleições de 2014. Está sobre a mesa da chefe da Casa Civil da Presidência da República a lista dos nomes indicados pela OAB/RO para que seja escolhido um dos advogados que completará aquela corte eleitoral.

Prestígio

Embora tenha provocado muita polêmica nos meios políticos (não nos jurídicos) a última operação policial envolvendo autoridades parlamentares, a entrevista dada pelo Procurador Geral de Justiça, Héverton Aguiar, ao programa Viva Porto Velho, no último domingo, revela que sob sua liderança o MP tem combatido com firmeza os desvios de condutas dos nossos representantes todas as vezes que saírem da linha. Hoje, nacionalmente, Aguiar é um dos ícones entre os Procuradores Gerais no combate às mazelas dos agentes públicos.

Boatos

Héverton Aguiar aproveitou a oportunidade para desmentir eventuais boatos de que nutra qualquer possibilidade em disputar cargos políticos nos poderes Legislativo ou Executivo. Ele credita os boatos à descrença do povo em relação aos desmandos envolvendo nossos representantes. De acordo com o Procurador e para assombração dos políticos, não há nenhum projeto pessoal em trocar o trabalho no MP por um cargo eleitoral. A entrevista ainda pode ser acessada pelo site Gente de Opinião.

Craque

Poucos sabem mais um rondoniense está fazendo história na primeira divisão do campeonato brasileiro, chama-se Gustavo Tabalipa, zagueiro da Portuguesa, nascido em Rolim de Moura. O pai reside hoje em Ariquemes e é membro do Ministério Público. O craque começa a aguçar o interesse de agremiações mais famosas para a temporada de 2014. Espero que o meu Mengão entre na disputa já que o moleque é bom de bola.

Transposição

A visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Rondônia é uma oportunidade impar para que os servidores públicos cobrem do Governo Federal que o processo da transposição seja concluído imediatamente. Há uma má vontade dos burocratas da União impedindo que o processo seja concluso. Além dos obstáculos impostos pela poderosa ministra do Planejamento para emperrar as regulamentações ainda pendentes.

Equipe

A equipe precussora da Presidência da República está em Rondônia avaliando rotas, conversando com movimentos populares e estabelecendos normas para que não haja nenhum imprevisto à ilustre visitante ao estado rondoniense. Como são poucas as obras do PAC em andamento, as Usinas do Madeira são exceções que servirão de vitrine para o discurso da sucessão que se avizinha. Pelas pesquisas, a presidente está em linha ascendente desde o baque registrado em junho passado quando eclodiram os protestos que causaram susto as instituições nacionais. Em especial, aos Partidos Políticos. Tem gente afinando o gogo.

Barulho

Corre nos bastidores que mais barulho policial está a caminho antes do natal. Nos meios políticos a informação atiçou o medo de muita gente. Estamos apurando com as fontes, mas onde há fumaça há fogo, diz o ditado.

Comentários
Carregando