Resultado da autópsia de George Michael é inconclusivo: “Inexplicável”

In Música
Espalhe essa informação

George Michael tinha um histórico de problemas com drogas. Tabloides britânicos chegaram a divulgar que o cantor usava crack e heroína

O primeiro laudo sobre a causa da morte de George Michael é inconclusivo. O relatório da autópsia realizada no cantor de 53 anos aponta que a morte é “inexplicável, mas não suspeita”. A informação foi divulgada pelo site TMZ.

Segundo as autoridades responsáveis, serão feitos mais testes toxicológicos para tentar chegar a uma causa para a morte do cantor, que aconteceu no domingo (25) de Natal.

George Michael tinha um histórico de problemas com drogas. Tabloides britânicos chegaram a divulgar que o cantor usava crack e heroína.

Michael teria morrido dormindo. Ele foi encontrado já morto na cama por seu namorado, Fadi Fawaz. Segundo a revista “The Hollywood Reporter”, o empresário de longa data do cantor, Michael Lippman, afirmou que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

“Tem sido muito difícil. Eu sabia que ele não estava muito bem, mas nenhum de nós sabe o que aconteceu”, disse ao Daily Mail Katerina Pourikou, amiga de infância e irmã do melhor amigo de George Michael. O cantor será enterrado ao lado da mãe no Cemitério  Highgate, no norte de Londres.

UOL

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Médico de 69 anos é preso por abusar de mulheres durante exames para CNH

Espalhe essa informação Ele tocava seios e cintura de vítimas durante exames Um médico de 69 anos foi preso

Read More...
Paquistanês de 70 anos revela que sexo todos os dias rendeu 54 filhos

Paquistanês de 70 anos revela que sexo todos os dias rendeu 54 filhos

Espalhe essa informação Morador de Nushki, no oeste do Paquistão, Abdul Majeed Mengal sustenta a grande família trabalhando como

Read More...
Governo federal vai lançar pacote para obras municipais

Governo federal vai lançar pacote para obras municipais

Espalhe essa informação A Caixa Econômica Federal dará financiamento para as áreas de mobilidade urbana, resíduos sólidos, iluminação pública,

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu