Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Réu foge de fórum antes de juíza dar sentença

0

Acusado de matar um estudante em 2008, o vigilante Aurelito Borges Santiago fugiu nesta terça-feira (11/3) do fórum estadual de Ribeirão Preto minutos antes de a juíza dar a sentença que o condenou a 21 anos e quatro meses de prisão.

De acordo com o advogado Ronaldo Marzagão, que atuou como assistente da Promotoria, a fuga ocorreu por volta das 18h30, quando a juíza Isabel Cristina Alonso dos Santos, da 2ª Vara do Júri e Execuções Criminais, se preparava para proferir a decisão. O júri começou por volta das 10h e na sala de julgamento havia dois policiais. Como o réu conseguiu o direito de responder ao processo em liberdade, ele não estava algemado.

Segundo Marzagão, a fuga ocorreu logo depois da decisão do Conselho de Sentença, que acolheu todas as teses da acusação. Ao reinstalar a sessão para proferir a pena, a juíza notou que o réu tinha sumido e deu 15 minutos para que ele fosse encontrado ou se apresentasse. Terminado o tempo, deu a decisão.

“O sujeito ficou seis anos livre depois de cometer um crime bárbaro, comparece à sessão de julgamento, é condenado e vai embora como se o problema não fosse dele. Como vou explicar isso para a família?” questionou Marzagão.

Borges Santiago foi condenado pela morte do estudante Rodrigo Bonilha, alvejado com um tiro nas costas quando passava com um grupo de amigos em frente a um salão de festas. O vigia alegou que atirou porque os rapazes tentaram danificar uma placa de publicidade.

Comentários
Carregando