Internacional

Jornalista é encontrada morta na Bulgária e causa indignação na Europa

0
REPRODUÇÃO YOUTUBE

Segundo o Ministério do Interior, Viktoria Marinova, de 30 anos, recebeu uma pancada na cabeça

Uma jornalista búlgara de uma rede de televisão local foi encontrada morta em Ruse, no norte do país, vítima, segundo a Justiça, de um assassinato que está provocando enorme indignação em toda a Europa.

O corpo de Viktoria Marinova, de 30 anos, responsável administrativa e apresentadora da TVN Ruse, foi encontrado no sábado, 6, em um parque da cidade, indicou o promotor regional, Georgy Georgiev.

A jovem recebeu uma pancada na cabeça, foi estrangulada e, segundo o Ministério do Interior, estuprada. A investigação analisa todas as pistas, tanto vinculadas à sua vida pessoal como profissional.

Ela era apresentadora de um programa sobre temas sociais locais de Ruse, um grande porto sobre o rio Danúbio, na fronteira com a Romênia.

Na última transmissão do programa, no dia 30 de setembro, houve uma entrevista com dois famosos jornalistas investigativos, o búlgaro Dimitar Stoyanov e o romeno Attila Biro, que estão apurando possíveis fraudes nos subsídios da União Europeia (UE), que envolveriam empresários e cargos eleitos do país.

Os dois jornalistas foram detidos brevemente pela polícia durante a investigação do assassinato, e o caso foi condenado pela ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Na última classificação da RSF sobre a liberdade de imprensa, a Bulgária ficou na 111.ª posição em um total de 180 países, de longe a pior da UE, acusada regularmente pela corrupção de seu entorno midiático.

Fonte: metropoles

Painel Político
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

CNJ afasta presidente do TRE-MS por favorecer filho acusado de tráfico

Previous article

Nova tatuagem de Bruna Marquezine teria erro ortográfico; veja

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *